História

51 Anos de História

Criado pela Usiminas com o objetivo de garantir ensino e educação de qualidade aos filhos de seus empregados e à nova comunidade que nascia ao redor da empresa, o Colégio São Francisco Xavier iniciou suas atividades em dezembro de 1961. Sua direção e administração foram confiadas à Congregação Religiosa Comunidade de Jesus, com vasta experiência na atividade educacional. Em março de 1962, começou seu 1º ano letivo, com 103 alunos distribuídos nas quatro séries do Ginásio e 69 alunos frequentando o Curso de Admissão. Em 15 de junho de 1962, sob a direção do jesuíta Revmº Pe. Jésus Andrés Vela, o ginásio foi inaugurado.

O nome São Francisco Xavier é tanto uma homenagem ao santo educador e missionário jesuíta, que dedicou grande parte de sua vida às missões no Oriente, quanto uma forma de homenagear os primeiros parceiros da Usiminas – o povo japonês. As cores verde, da bandeira do Brasil, e vermelha, da bandeira do Japão, foram adotadas como cores oficiais da Escola em função da parceria nipo-brasileira que permitiu a consolidação do projeto de implantação da Usiminas.

Em decorrência de divergências entre superiores maiores dos Jesuítas e a Direção da Usiminas, em 15 de dezembro de 1969, os padres entregaram a direção e administração do Colégio São Francisco Xavier à empresa. Assim, em 22 de dezembro de 1969, a Usiminas criou a Fundação São Francisco Xavier, responsável pela administração do Colégio até hoje.

Entre os fatos marcantes da história do Colégio São Francisco Xavier, destaca-se a publicação da LDBEN 9.394/96, que implicou mudanças profundas no sistema educacional do país e revelou uma necessidade urgente: a de oferecer uma educação para a vida, no seu sentido mais amplo.  A partir dessa data, iniciou-se, no CSFX, uma série de esforços para atender às orientações daquela lei, incluindo mudanças na Proposta Pedagógica da escola que permitiram o ajuste da concepção educacional do Colégio à realidade. Nesse contexto é que aconteceu o I Congresso de Educação do CSFX, em 1999, com o tema “Educação – Uma perspectiva de Cidadania”. O congresso foi um passo tão importante no processo de mudança e utilização de novas metodologias de ensino, no sistema de avaliação e, sobretudo, na postura de nossos educadores, que repercute até os dias de hoje. De lá para cá, a comunidade sanfranciscana passou a ter acesso à formação continuada, por meio da realização de Seminários, Palestras e outras atividades promovidas pelo CSFX.

Em 24 de setembro de 1997, o Colégio foi certificado na NBR ISO 9002, pela Det Norske Veritas – DNV, tornando-se a primeira instituição escolar do Brasil, de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, a obter tal certificação. Em junho de 2002, o Colégio tornou-se a primeira instituição educacional do país a alcançar a Certificação ISO 9001 versão 2000. Mantendo sua posição de vanguarda em Gestão Educacional, em 2005, inaugurou a primeira turma do MBA Educação, cujo objetivo é o aprimoramento das competências da equipe do CSFX em Gestão Educacional.

Buscando constantemente melhorar o seu percurso pedagógico, o Colégio São Francisco Xavier implantou, em 2010, cursos técnicos em Enfermagem e Análises Clínicas, com estágio garantido no Hospital Márcio Cunha, e o curso Técnico em Mecânica, com aulas práticas no CDP Usiminas. Em 2013, lançou os cursos Técnicos em Segurança do Trabalho, em Informática e em Administração. Foram novas opções para o melhor desenvolvimento humano e profissional, visando ao mercado atual e às necessidades de aprendizado. O curso técnico é hoje uma das melhores oportunidades para quem deseja entrar no mercado de trabalho de forma rápida e ter uma carreira de sucesso. Os cursos são oferecidos na Unidade II do CSFX, localizada no bairro Horto, onde os alunos têm à disposição novas instalações, laboratórios adequados e uma equipe de professores altamente capacitados.

Os cursos Técnicos do CSFX são credenciados ao PEP (Programa de Educação Profissional), um programa inovador que oferece oportunidades de qualificação básica para o trabalho, por meio de cursos profissionalizantes, possibilitando formação técnica em escolas da própria rede estadual de ensino, em instituições conveniadas ou em instituições credenciadas que venham a integrar a Rede Mineira de Formação Profissional de Ensino Médio (REDE).

Outra conquista dos últimos anos são os cursos de Inglês e Espanhol, oferecidos em parceria com o Greenwich, centro de preparação e aplicação de testes internacionais da universidade de Cambridge em Belo Horizonte. Os cursos têm como objetivo o desenvolvimento das quatro competências linguísticas – escrita, leitura, escuta e fala – nos mais diferentes níveis de proficiência.

O CSFX iniciou, em 2012, o projeto Escola de Esportes. O programa, que alia esporte e educação, oferece às crianças e aos adolescentes atividades físicas e recreativas com embasamento teórico e orientação dos profissionais do colégio. São, inicialmente, quatro modalidades: judô, dança, futsal e futebol society.

Outra iniciativa do Colégio São Francisco Xavier que reforça sua posição de modelo de excelência em educação, ao garantir uma importante conquista para o ensino superior do Vale do Aço, foi a formalização da parceria com a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) para oferecer cursos de pós-graduação lato sensu presenciais e a distância e cursos de graduação a distância.

O polo, instalado no Colégio São Francisco Xavier, faz de Ipatinga a sétima cidade do estado a contar com cursos de pós-graduação presencial da PUC Minas e a sede de mais um dos 13 polos do Ensino a Distância para oferta de cursos de Graduação e Pós-graduação. Com a parceria, além de corpo docente capacitado e material de qualidade reconhecidos pela PUC Minas, os alunos matriculados contam ainda com a ampla infraestrutura física e tecnológica do Colégio São Francisco Xavier.

Alinhado ao princípio de que o direito à educação é, sobretudo, o direito à aprendizagem, o CSFX vem identificando ações que possam contribuir para aprimorar a gestão de outras escolas e melhorar a qualidade de ensino por meio de treinamentos, palestras, cursos e da formação continuada de professores e educadores. A partir das necessidades levantadas pela escola e equipe de ensino interessada, o CSFX identifica as oportunidades de melhoria e apresenta um plano de desenvolvimento de pessoas, buscando atender às demandas da instituição.

Por suas realizações e o reconhecimento expressos pela comunidade local, regional e estadual, o Colégio São Francisco Xavier, além de atender às necessidades básicas da comunidade local, estabeleceu um padrão de qualidade que é referência na área educacional e legitimou as propostas iniciais do projeto de construção da Usiminas.

A história do Colégio São Francisco Xavier foi construída com a participação conjunta de professores, alunos, pessoal técnico-administrativo, diretores, FSFX, Usiminas, famílias e sociedade: tanto daqueles que hoje atuam no seu fazer e ser educacional, quanto dos que passaram pela escola, deixando a marca perene de sua ação. Dar continuidade a essa caminhada é um compromisso e um ato de amor de toda a equipe da Fundação e do Colégio São Francisco Xavier.