09/07/2018

Programa Práticas e Ideias que Transformam da FSFX premia vencedores

Incentivar a criatividade dos colaboradores, promover melhorias contínuas e proporcionar oportunidade de crescimento são algumas das premissas essenciais para a Fundação São Francisco Xavier (FSFX). E para fomentar essas ações, a FSFX premia anualmente os seus colaboradores por meio do programa Práticas e Ideias que Transformam. O resultado das iniciativas vencedoras de 2017 foi divulgado e premiou 43 colaboradores.

O programa Práticas e Ideias que Transformam reconhece as melhores ideias sugeridas e os projetos de maior impactado implantados na instituição, levando em consideração critérios como consistência e simplicidade que agregam valores para o aprendizado coletivo e resultados para a FSFX. O projeto tem como objetivo estimular a produtividade e disseminar conhecimentos, sempre apostando nas competências e habilidades das pessoas.

A iniciativa classifica o conteúdo recebido em ideias e práticas. De acordo com o programa, são consideradas ideias algo novo, uma solução estruturada para atingir melhorias na instituição. As práticas são projetos já implantados na organização num período de experimentação que possibilite a mensuração e comprovação dos resultados obtidos.

As ideias e as práticas do programa foram classificadas em quatro segmentos: pessoas, processos internos, resultados e clientes e parceiros. Os vencedores foram homenageados com a entrega de medalhas e um prêmio financeiro por segmento.

O superintendente de Estratégia e Inovação, Josiano Gomes Chaves conta que o projeto traz benefícios tanto para a instituição quanto para o colaborador. “O programa é mais uma forma que a Fundação tem de reconhecer as boas práticas que as equipes empregam no dia a dia e ainda dar abertura para grandes ideias. Ele busca fomentar o protagonismo dos colaboradores nos avanços da instituição por meio da observação crítica, da proposição e do desenvolvimento de soluções que agreguem valor, tanto nos processos, quanto na melhoria das entregas aos nossos clientes.”, afirma.

DESTAQUES

No último ano, o programa recebeu 173 inscrições, 49% a mais que em 2016, sendo que as ideias aumentaram cerca de 73% e as práticas 31%. “O ciclo 2017/2018 bateu recorde no número de participações e a disputa foi muito acirrada, pois tivemos muitas práticas e ideias boas, sendo difícil eleger apenas um vencedor para cada segmento. Isso reforça ainda mais a importância do programa para a FSFX. Além de premiar as melhores práticas e ideias, promovemos um grande envolvimento entre os colaboradores da Fundação e compartilhamos aprendizados com outras instituições”, resumiu o diretor executivo da FSFX, Luís Márcio Araújo Ramos.

As práticas vencedoras foram: Hospital Paperless – Workflow beira-leito no segmento resultados, Projeto Robô Laura: a tecnologia em prol do gerenciamento de riscos no segmento processos internos e Gerando Satisfação com Inovação no segmento pessoas e Conselho Consultivo de Clientes – Ipatinga/ Santos no segmento clientes e parceiros.

As ideias premiadas foram: Padronização de embalagem de menor volume para dietas orais da instituição no segmento resultados, Otimização de tempo e custo na realização de exames periódico dos colaboradores do Centro de Atendimento ao Cliente de Belo Horizonte no segmento processos internos, Escola de Gestão Aplicada – Formando profissionais multifuncionais no segmento pessoas e Humanização na conclusão do tratamento quimioterápico no segmento clientes e parceiros.

A colaborada Kenia Coeli Patricio, auxiliar administrativa de ensino e pesquisa foi uma das ganhadoras do programa Práticas e Ideias que Transformam ciclo 2017/2018 com a prática Projeto Robô Laura: a tecnologia em prol do gerenciamento de riscos no segmento processos internos. “Após vários ajustes técnicos desde a implantação do robô Laura, conscientizamos o corpo assistencial para que eles visualizassem essa ferramenta de extremo impacto na assistência. E os benefícios que a implantação dessa prática tem trazido, nos dá a certeza de que valeu a pena todo esforço que tivemos. A nossa principal meta é trazer inovação às práticas institucionais. E fazer parte dessa equipe premiada me torna uma das responsáveis pela busca constante de conhecimento e a aplicabilidade de benefícios passou a ser o nosso ideal”, concluiu Kênia.

seta notícia anterior seta voltar PRÓXIMA NOTÍCIA seta