Nossa História

Inaugurado em 1º de maio de 1965, o Hospital Márcio Cunha foi construído para atender a urgências e internações em seus 50 leitos. Contava apenas com as unidades básicas, como serviços de raios-X e laboratório, bloco cirúrgico, centro obstétrico e duas alas de internação geral e maternidade.

A implantação da Usiminas em Ipatinga e o inevitável crescimento populacional do Vale do Aço a partir da década de 1960 impuseram às lideranças políticas e empresariais um planejamento urbanístico estratégico de longo prazo. Ao atrair trabalhadores dos quatro cantos do país, fomentava-se a necessidade de uma rede de serviços e produtos, principalmente em saúde e educação, que garantissem a qualidade de vida dessa população. Tarefa que jamais chegaria a bom termo sem o amparo de uma instituição como a Fundação São Francisco Xavier. Instituída em 1969 para assumir a administração do Hospital Márcio Cunha e do Colégio São Francisco Xavier, passou a investir cada vez mais na ampliação e na qualidade de seus serviços, crescendo na mesma proporção do município estruturado como pólo regional.

Nas décadas seguintes, uma moderna concepção arquitetônica transformou o Hospital, que passou a ter, em sua estrutura, unidades de Apoio ao Diagnóstico, de Tratamento Intensivo, novos Laboratórios, Centro de Terapia Renal Substitutiva, Hemoterapia, Centro Cirúrgico, Centro Obstétrico e Consultórios com Médicos Especializados, além de unidades de apoio como Farmácia, Central de Materiais e Esterilização, Nutrição, Manutenção e Processamento de Roupas, dispostas em um amplo complexo horizontal, integrado aos sete andares do prédio vertical que contempla sua Unidade de Internação. Avanços que foram fundamentais para a consolidação de um atendimento médico e hospitalar com segurança e qualidade.

Inaugurada em 2004, a Unidade II do Hospital Márcio Cunha, no bairro Bom Retiro, deu continuidade ao histórico de prestação de serviços de excelência da Fundação São Francisco Xavier. São 7.400 m² de área construída, que abrigam Unidade de Internação, com leitos em enfermarias e apartamentos; Unidade de Terapia Intensiva, Centro de Diagnóstico por Imagem, Ambulatório e unidades de apoio como Farmácia, Central de Materiais e Esterilização, Nutrição e Manutenção. Com uma concepção paisagística acolhedora, a Unidade II dispõe ainda de outros 33,5 mil m² de área pavimentada e ajardinada.

Em 2011, a Fundação São Francisco Xavier inaugurou a Unidade de Medicina Diagnóstica, no bairro Ideal, ampliado oportunidades a clientes do hospital para a realização de ultrassonografias, exames de radiologia digital e patologia clínica, com a mesma eficiência e qualidade dos serviços desempenhados nas demais unidades.

No mesmo ano, a FSFX incorporou ainda a Unidade de Oncologia às atividades do Hospital Márcio Cunha, referência em tratamento oncológico completo para uma população ainda maior, de quase 50 municípios e mais de 1 milhão de habitantes.