Acesso rápido

Segurança do Paciente no HMC é destaque em Congresso Sul Brasileiro de Nefrologia

Nos dias 2 e 4 de maio, o Programa de Segurança do Paciente do Centro de Terapia Renal Substitutiva (CTRS) do Hospital Márcio Cunha (HMC), administrado pela Fundação São Francisco Xavier (FSFX), foi destaque no VIII Congresso Sul Brasileiro de Nefrologia realizado na cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul. O serviço de Nefrologia do Hospital Márcio Cunha é um dos mais modernos do país e realiza desde a linha de cuidados para pacientes renais crônicos, atendimentos ambulatoriais de nefrologia,  internações, biópsia renal e todas as modalidades de terapia renal substitutiva.

De acordo com o coordenador do Serviço de Nefrologia do HMC e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), o nefrologista Daniel Calazans, que representou a FSFX no evento como um dos palestrantes, o programa se destaca pela importância do olhar sob a ótica do cliente, sua experiência e a segurança de todos os processos. “A assistência integral ao paciente, valorizando sua experiência e colocando-o no centro da atenção, de forma humanizada, qualificada e sempre focando na segurança está no DNA da Fundação. A atuação do núcleo de segurança do paciente do HMC garante essa transparência aos processos e contribui, de forma significativa com a busca continua de melhorias e evoluções”, afirma Daniel Calazans. 

O Congresso contou com a participação de importantes nomes da nefrologia brasileira e mundial e abordou temas relevantes e de grande contribuição para a revisão e atualização de conhecimentos dos profissionais presentes, como doença renal aguda e nefrointensivismo, doença renal crônica e diálise, transplante renal, hipertensão arterial, rim e gestação.

 

Nefrologia no HMC

O Centro de Terapia Rena Substitutiva (CTRS) do HMC conta com um serviço de hemodiálise recém reformado que realiza mais de 61 mil procedimentos por ano, serviço de diálise peritoneal e o transplante renal, com indicadores assistências em linha com os melhores serviços do país. Cerca 85% dos atendimentos realizado no centro são pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

A Unidade de Transplantes do HMC realiza, em média, 40 transplantes renais por ano e é referência para mais de 800 mil habitantes do Vale do Aço, Caratinga, Manhuaçu, Governador Valadares, Teófilo Otoni e Itaobim.