Acesso rápido

O cuidado seguro para todos está em suas mãos

Publicado em 06/08/2019

Manter as mãos limpas pode evitar uma série de infecções e salvar vidas. As mãos, muito utilizadas no cuidado aos pacientes, são consideradas a principal via de transmissão de microrganismos durante a assistência à saúde. Por isso, a higienização das mãos é fundamental para a saúde individual e comunitária, pois, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a higiene das mãos com sabão e água ou com álcool gel pode reduzir em até 40% a incidência de infecções.

Essa medida simples e econômica se torna ainda mais eficaz quando se trata de um ambiente hospitalar. “As infecções são muito temidas nos hospitais e o perigo é invisível. As nossas mãos que servem para cuidar acabam se tornando veículo de transmissão para germes e bactérias. Por isso é muito importante a higienização das mãos antes e depois de qualquer atividade assistencial. Mas a higiene deve ser feita de forma correta, pois às vezes repetimos automaticamente esse ato ao longo do dia e não fazemos a higienização como deve ser”, afirma a médica infectologista do Hospital Márcio Cunha, Mariana Vasconcelos Costa Araújo.

 

Confira como realizar lavagem das mãos de forma correta:

  1. Evite encostar-se a pia quando for abrir a torneira;
  2. Aplique na palma da mão a quantidade suficiente de sabonete para cobrir todas as superfícies das mãos e ensaboe as palmas das mãos friccionando-as entre si;
  3. Esfregue as palmas das mãos, uma na outra;
  4. Esfregue a palma da mão direita contra o dorso da mão esquerda (e vice-versa) entrelaçando os dedos e friccionando os espaços interdigitais. É necessário fazer o mesmo com o dorso da mão;
  5. Esfregue o polegar direito, com o auxílio da palma da mão esquerda (e vice-versa), utilizando movimento circular;
  6. Friccione também as polpas digitais e unhas da mão esquerda contra a palma da mão direita, fechada em concha (e vice-versa), fazendo movimento circular;
  7. Esfregue o punho esquerdo com o auxílio da mão direita (e vice-versa) em movimento circular;
  8. Enxágue as mãos e evite contato direto com a torneira;
  9. Seque as mãos com papel toalha descartável, iniciando pelas mãos e seguindo pelos punhos;
  10. Lembre-se: mãos limpas são mãos seguras. Ajude a combater as infecções!