HMC convoca doadores de sangue para reforçar estoques no Fim de Ano

O Natal está chegando e, mais do que nunca, é hora de partilhar. Todos os anos, na véspera das festas de fim de ano, o número de doações de sangue no Hospital Márcio Cunha cai bastante, por conta dos preparativos de viagem de quem decide passar o Natal e o Réveillon longe do Vale do Aço e acaba ‘levando a solidariedade na bagagem’. O resultado disso são os baixos estoques no setor de Hemoterapia e a preocupação dos médicos com o atendimento aos pacientes que necessitarem de transfusões nos próximos dias.
doacao_de_sangue_HMCPor isso, antes de aproveitar as festas, dá tempo de ajudar a salvar a vida de pacientes internados, pacientes que necessitam de transfusões em cirurgias, pacientes oncológicos ou até mesmo, àqueles que são acolhidos em uma emergência ao chegarem ao Pronto-Socorro do Hospital Márcio Cunha todos os dias. “Com o estoque do hospital vulnerável, há o risco de desabastecimento, principalmente de plaquetas, material essencial para pacientes que possuem alguma doença que dificulta a coagulação, como os pacientes com câncer”, explica o médico hematologista e responsável técnico Marcos Aurélio Mergh Murer.
Se você já é um doador ou deseja tornar-se um, independente do seu tipo sanguíneo, ajude a quem precisa. Basta comparecer ao setor de Hemoterapia da Unidade I do Hospital Márcio Cunha (no bairro das Águas), para fazer a sua doação, que é rápida e segura. O setor funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 11h30 e das 15h às 18h30. Contudo, nos dias 26 de dezembro e 02 de janeiro, ambos na segunda, a Hemoterapia estará fechada (dia-ponte do feriado), voltando a funcionar, após o Natal, no dia 27 e, após o Réveillon, no dia 03. O agendamento poderá ser realizado pessoalmente ou pelo telefone 3829-9600 e no momento da doação será necessário levar um documento oficial com foto e assinatura.
Para doar sangue
Ao entrar na Recepção Principal da Unidade I do HMC, o doador pode se dirigir ao atendimento no guichê 16 – Doação de Sangue, localizado à esquerda de quem entra. Feito o cadastro, o doador recebe uma etiqueta de identificação e se dirige ao serviço de Hemoterapia (acesso pela recepção de visitas aos apartamentos).
Segundo as recomendações do Ministério da Saúde e da Anvisa, são critérios para doação: estar em boas condições de saúde, ter entre 18 e 69 anos ou idade de 16 a 17 anos com o consentimento formal dos responsáveis legais, pesar mais de 52 kg e ter comportamento sexual seguro. Doar sangue é um gesto de solidariedade e ajuda a salvar vidas. Participe ou incentive um amigo a realizar esta prática.
 

Postagens Relacionadas

Rolar para cima
Pular para o conteúdo