HMC reforça campanha para rins saudáveis

No Dia Mundial do Rim, lembrado em 12 de março, o Hospital Márcio Cunha (HMC) alerta para a importância da prevenção e do diagnóstico precoce de doenças nos rins, principalmente para àqueles que têm maior risco de desenvolvê-las ou agravá-las. Atualmente cerca de 10% da população mundial tem Doença Renal Crônica, que é resultado da perda progressiva e irreversível das funções dos rins. No Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, um em cada dez brasileiros tem problemas nos rins e 70% dos pacientes em diálise descobrem a doença tardiamente.

Profissionais do Centro de Terapia Renal Substitutiva do Hospital Márcio Cunha participam da campanha
Profissionais do Centro de Terapia Renal Substitutiva do Hospital Márcio Cunha participam da campanha

Segundo o médico nefrologista do HMC, Carlos Alberto Chalabi Calazans, vivemos hoje uma epidemia da doença renal com números cada vez mais preocupantes. “Uma das principais dificuldades é que a doença renal é silenciosa e pode não apresentar sinais ou sintomas durante muito tempo”, explica. Para garantir o bom funcionamento dos rins, o nefrologista ressalta a importância de adotar hábitos como controlar o peso, praticar atividades físicas, controlar a pressão arterial, não fumar, não tomar remédios sem orientação médica, controlar a glicemia e beber bastante água.
Conscientização
O chamado para adoção de hábitos saudáveis e a conscientização sobre os cuidados com os rins está estampado na fachada da Unidade I do Hospital Márcio Cunha, que ganhou um megabanner e iluminação especial em azul e vermelho, as cores da Campanha internacional para Rins Saudáveis. Alinhada com os principais centros de tratamentos renais do mundo, a equipe do Centro de Terapia Renal Substitutiva do Hospital Márcio Cunha desenvolverá ainda, nesta quinta-feira, ações para informar e chamar atenção das pessoas para o assunto. Serão distribuídos panfletos com dicas de prevenção para colaboradores e dependentes da Fundação São Francisco Xavier e para alunos dos ensinos Fundamental e Médio do Colégio São Francisco Xavier.
O Dia Mundial do Rim é uma iniciativa conjunta da Sociedade Internacional de Nefrologia (ISN) e da Federação Internacional de Fundações de Rim (IFKF) com ações simultâneas em vários países. No Brasil, a campanha é coordenada pela Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), com apoio do Ministério da Saúde.
Prevenção: o melhor cuidado
A detecção precoce do mau funcionamento dos rins é considerada o fator mais importante para o sucesso do tratamento da insuficiência renal. Por isso, fazer uma avaliação periódica com um nefrologista é importante para que as doenças dos rins possam ser diagnosticadas ainda em fases iniciais, evitando que ocorram mais lesões renais.
O check up renal também pode ser realizado para verificar se o paciente possui alguma tendência para desenvolver uma doença renal, seja por conta de uma genética favorável ou por causa de hábitos de vida inadequados. “Considerando o aumento da expectativa de vida da população, a prevenção é uma das principais formas de evitar doenças dos rins. Com a detecção precoce, é possível tratar com medicamentos, controle alimentar e, assim, retardar a perda da função renal”, ressalta Calazans.
 

Postagens Relacionadas

Rolar para cima
Pular para o conteúdo