Superintendente do HMC é nomeado coordenador da Federassantas no Leste de Minas

JRF_6713
Gestores da Federassantas e de diversos hospitais dos vales do Aço, do Rio Doce, do Jequitinhonha e do Mucuri integram a nova Regional dos Vales

O Hospital Márcio Cunha (HMC), em Ipatinga, foi palco da reunião de lançamento da Regional dos Vales da Federassantas, a Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Minas Gerais. O encontro, que reuniu gestores de hospitais dos vales do Aço, do Rio Doce, do Jequitinhonha e do Mucuri, também oficializou o Dr. Mauro Oscar Soares de Souza Lima, superintendente do HMC, como o coordenador da entidade na região.
“É importante fortalecer esse grupo, discutir mais os problemas comuns e ter soluções compartilhadas que sirvam para todos os hospitais. Ter uma pessoa de referência para ouvir e facilitar o acesso dos filiados aproxima a Federassantas dos hospitais filantrópicos, fortalecendo-a como um todo. Nesse contexto, há muitos pleitos comuns entre as instituições, como o relacionamento com gestores do SUS, municípios e estado, no sentido de acompanhar a implantação da Rede de Urgência e Emergência do Leste de Minas, orientar hospitais na contratualização com o SUS, monitorar o repasse das verbas e incentivos, o que é bastante relevante para toda essa região de Minas Gerais”, explica Mauro Oscar.
A Federassantas é o órgão mais importante e representativo das instituições filantrópicas de saúde do estado, ou seja, àquelas que dedicam pelo menos 60% dos atendimentos aos pacientes ao Sistema Único de Saúde (SUS). Sua política adotada recentemente, com a criação das Coordenadorias Regionais, tem o intuito de descentralizar a atuação e estar mais próxima dos hospitais filiados. Em cada uma, deve haver um coordenador de um hospital de grande porte, ao lado de uma comissão composta por membros dos demais hospitais.
JRF_6750
O encontro apresentou o Dr. Mauro Oscar Souza Lima como o coordenador da Regional

A Regional Vales hoje é composta por 58 hospitais, dos quais 31 são filiados à Federassantas. Além dela, a entidade está instituindo outras seis regionais, nas seguintes porções do estado: Oeste, Norte, Triângulo, Central, Sul e Zona da Mata.
Atualmente, a Federassantas responde por quase 70% das instituições que destinam atendimentos pelo Sistema Único de Saúde no estado. Daí seu papel relevante, de prestar assistência jurídica, técnica, de educação continuada e de comunicação a seus filiados, representando-os junto ao poder público e às autoridades competentes, melhorando a gestão hospitalar na busca por soluções para o setor da filantropia e assistência social. “O Hospital Márcio Cunha, tendo esse reconhecimento da Federassantas para acompanhar o processo, ganha um importante papel, além da oportunidade de obter a visibilidade necessária em seus pleitos”, completa o novo coordenador da Regional Vales.

Postagens Relacionadas

Rolar para cima
Pular para o conteúdo