Hospital Municipal Carlos Chagas realiza captação de órgãos após protocolo de morte encefálica

Na última quinta-feira, dia 18 de abril, o Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC), administrado pela Fundação São Francisco Xavier, em Itabira recebeu a equipe do MG Transplantes, pela primeira vez, para uma captação de órgãos.

A equipe do HMCC cumpriu rigorosamente cada etapa exigida, após fechar mais um protocolo de morte encefálica, seguindo em conformidade com a legislação federal e sob a supervisão do MG Transplantes, órgão estadual responsável pela regulação dos casos de morte encefálica e doação de órgãos em Minas Gerais.

Essa captação ratifica as condições clínicas, técnicas e tecnológicas que o Hospital Municipal Carlos Chagas possui para dar o diagnóstico de morte encefálica e possibilitar tais atendimentos de alta complexidade, integrando-o à rede do MG Transplantes, ressalta Juliano Ferreira, coordenador da UTI do HMCC. Uma equipe de cirurgiões do MG Transplantes esteve presente na Instituição para auxiliar na captação de córneas e rins, de um paciente o qual a família autorizou a doação. Após a captação, esses órgãos foram encaminhados para pacientes na fila de espera do MG Transplantes.

“É a primeira vez, na história do HMCC, que uma equipe de cirurgiões do MG Transplantes vem para realizar a captação dos órgãos. Foi um momento de muita emoção para os colaboradores que participaram do momento, de saber que por meio dessa ação, é possível proporcionar a melhoria da qualidade de vida para outras pessoas. A agitação, a empolgação e a esperança que pairavam no ar da UTI, do bloco cirúrgico e de toda a unidade naquele momento eram inexplicáveis”, afirmou a enfermeira supervisora da UTI do HMCC, Daniela Torres.

Postagens Relacionadas

A data marca a luta pela saúde da mulher destacando a importância do acesso aos cuidados em todas as fases da vida.   Criado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo