Carnaval seguro e saudável

Médica do Hospital Márcio Cunha orienta sobre cuidados alimentares, sexo seguro e outras recomendações para garantir o bem-estar durante a folia.

Faltando poucos dias para o início oficial do Carnaval, os foliões se preparam para aproveitar a maior festa popular do Brasil. O Hospital Márcio Cunha, comprometido com a promoção do bem-estar e saúde, preparou dicas em parceria com um profissional do corpo clínico para garantir um Carnaval seguro. Para a médica do HMC, Maria Clarice Vasconcelos, é importante vivenciar os momentos festivos com responsabilidade, mantendo a saúde em meio à diversão. O uso consciente de preservativos é uma ferramenta necessária para a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). “Ao praticar relações sexuais é importante utilizar preservativos de qualidade e verificar sua integridade antes do uso. Essa prática simples, aliada a outros cuidados, contribuirá para um carnaval seguro e saudável para todos”, orienta a médica.

Maria Clarice Vasconcelos_médica do Hospital Márcio Cunha

Para manter a energia e disposição, é recomendada uma alimentação equilibrada, rica em verduras, frutas e alimentos de boa procedência, evitando frituras e produtos industrializados, antes e depois das festividades. Maria Clarice ainda orienta sobre a escolha criteriosa dos alimentos, evitando maionese e optando por opções grelhadas ou cozidas, além de cuidados na preparação para evitar contaminações alimentares.

“Devido às altas temperaturas registradas em boa parte dos destinos dos foliões, a hidratação é essencial para aqueles que pretendem cair na folia, sendo recomendada a ingestão de 2 a 3 litros de água diariamente, juntamente com isotônicos antes e depois das festividades”, orienta Maria Clarice.

A médica aconselha os foliões a incluírem protetor solar na bagagem para os cuidados da pele sob o sol. O uso regular de repelentes é indicado para proteção contra arboviroses, dengue e chikungunya, especialmente em áreas com alto índice de infestação do Aedes aegypti. Quanto as doenças respiratórias, a orientação é evitar aglomerações, e o uso de máscaras é recomendado para pessoas mais suscetíveis como medida preventiva. “Alimentar-se bem, manter a hidratação e se proteger. Com os devidos cuidados, agora é só curtir a folia e aproveitar a alegria de um bom Carnaval”, destaca a médica.

Postagens Relacionadas

No Brasil, o Dia Nacional do Homem, comemorado em 15 de julho desde 1992, está fortemente ligado ao incentivo à prevenção da saúde masculina….
Segundo dados do Relatório Mundial sobre Visão da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 2,2 milhões de pessoas no mundo têm deficiência visual ou cegueira e,…
De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, existem atualmente, no Brasil, mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença, o que representa 6,9%…
O dia 21 de junho marca o início do inverno, no Brasil, e é também quando se celebra o Dia Nacional de Controle da…
Doador do HMC destaca a importância da doação frequente para manter os estoques de sangue sempre abastecidos   Dia 14 de junho é celebrado…
Detecção precoce de doenças genéticas e congênitas é crucial para o desenvolvimento saudável das crianças. Nesta quinta-feira, 6 de junho, comemora-se o Dia Nacional…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo