HMC celebra Dia Nacional do Doador de Sangue com ações notáveis de captação

Unidade hospitalar recebe em média 600 doadores voluntários por mês.

Em celebração ao Dia Nacional do Doador de Sangue, dia 25 de novembro, o Hospital Márcio Cunha reconhece a importância desse gesto de generosidade e solidariedade, como fundamentais na preservação de vidas. Para atender as demandas da hemoterapia do Hospital Márcio Cunha, a unidade desempenha um empenho contínuo na captação de doadores voluntários, com o intuito de suprir as necessidades sanguíneas dos pacientes assistidos pelo HMC. O hospital, que é referência para mais de 840 mil habitantes de 35 municípios da região leste de Minas Gerais, alcança cerca 600 doadores voluntários por mês.

As bolsas sanguíneas captadas na hemoterapia do HMC, além do hospital, atendem a outras unidades da mantenedora, Fundação São Francisco Xavier, como, a Unidade Avançada de Timóteo, unidade II do HMC e Unidade de Oncologia. Para manter o banco de sangue do HMC sustentável, mantendo a média mensal de doadores, o trabalho da hemoterapia é focado na fidelização do doador de repetição, ou seja, aquele que mantém o ciclo de doações respeitando os intervalos ideais entre homens e mulheres. De acordo com a enfermeira responsável pela hemoterapia do HMC, Claudiane Ferreira da Silva, o sangue tem papel fundamental para o funcionamento do corpo humano, e despertar essa consciência na população, promove a conscientização e atrai novos doadores voluntários.

“Somos muito gratos àqueles que doam sangue de forma voluntária e reforçam o valor estimável das doações para o bem-estar de todos. Manter o banco de sangue do hospital em dia é um desafio diário. Nesta data, reforçamos o compromisso do HMC em fornecer recursos e apoio contínuo para suprir as demandas sanguíneas da nossa comunidade”, destaca Claudiane.

Ainda segundo a enfermeira responsável, períodos como feriados prolongados e férias escolares são fases consideradas críticas para manutenção do banco sanguíneo na unidade. Os tipos sanguíneos do grupo negativo como O-, A-, B-, AB- são considerados como as classificações sanguíneas que mais carecem de doadores na unidade.

No site da Fundação São Francisco Xavier é possível encontrar informações sobre doação e o que é preciso para ser tornar um doador. Doar sangue salva vida!

Confira os horários e contatos para o agendamento:

HMC:  segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 7h às 11h e entre 13h e 15h30. O agendamento é feito pelo telefone (31) 3829-9600 ou pelo WhatsApp (31) 99686-1060 ou (31) 98480-8199.

Postagens Relacionadas

Médico neurologista da FSFX fala sobre a doença e tabus  A campanha “Março Roxo” traz um alerta sobre a importância de mobilizar e informar…
Pediatra da Usisaúde ressalta como a estação afeta crianças com doenças respiratórias. Entenda as causas e saiba como prevenir.   A chegada do outono…
Importante para o bem-estar, para a autoestima e saúde geral do corpo, a saúde bucal é um tema importante de ser falado, pois compreende…
Doença renal crônica afeta mais de 10 milhões de pessoas no país e cerca de 850 milhões no mundo. Centro de Terapia Renal Substitutiva…
No mês em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher, a Fundação São Francisco Xavier, por meio da médica de atenção primária da…
Caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal, a obesidade pode acarretar graves problemas de saúde e levar até a morte. Segundo dados do IBGE, o…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo