Centro Cirúrgico

O Hospital Márcio Cunha conta com dois modernos e bem estruturados Centros Cirúrgicos. São 10 salas de cirurgias na Unidade I e outras 4 salas na Unidade II, equipadas para atendimentos de cirurgias gerais de urgência e emergência e procedimentos de alta complexidade avançados, como cirurgias Cardíacas, Procedimentos Endovasculares, Neurocirurgias, cirurgias Ortopédicas, Oncológicas, de Glândulas Endócrinas, Abdominais, Plásticas, Urológicas e Transplantes Renais, além de videocirurgias como Videolaparoscopias, Artroscopias, Litotripsia, cirurgia Bariátrica, entre outras. Por mês, são realizadas, em média, 1.500 cirurgias, em pacientes internados ou em regime de semi-internação (Hospital Dia).

O Centro Cirúrgico do Hospital Márcio Cunha adota os mesmos objetivos propostos no Programa Cirurgia Segura da Organização Mundial de Saúde, com a implantação do check list para procedimentos cirúrgicos e da adoção de práticas específicas para hemotransfusão, visando a garantir o preparo para grandes perdas sanguíneas. Além disso, segue rigorosos protocolos de reações alérgicas e reações adversas a drogas, entre outros, bem como a lista de verificação para abordagem do paciente cirúrgico e a revisão de rotinas. Na Unidade I, outro importante diferencial do setor é a Farmácia Satélite, que possibilita ampliar a área de dispensação de materiais e medicamentos.

 

Dicas para acompanhantes

Para maior comodidade, o acompanhante de paciente cirúrgico pode aguardar informações sobre o andamento do procedimento nos locais onde é transmitido o Boletim Cirúrgico, próximo à Recepção Principal na Unidade I e na Sala de Espera de Acompanhantes na Unidade II, ou nos andares de internação. A partir das 9h30, a cada duas horas, é emitido um parecer sobre o status da cirurgia.

 

Central de Materiais e Esterilização

A Central de Material e Esterilização (CME), responsável pela aquisição, o preparo, a esterilização e distribuição de artigos e materiais cirúrgicos utilizados em diversas áreas no hospital, põe em prática um rigoroso processo de rastreabilidade dos artigos esterilizados, o que garante a qualidade na assistência do Centro Cirúrgico e de diversas outras áreas. Com caráter inovador para as instituições hospitalares do porte do HMC, a ampliação do sistema de monitoramento dos processos de esterilização, desenvolvido com a participação da equipe de Tecnologia da Informação, alcança até mesmo o cliente final – pacientes que utilizam os pacotes e kits de instrumentais.

Toda essa rastreabilidade garante maior segurança ao paciente e rapidez para os processos, permitindo avaliações de todos os materiais hospitalares, vinculando-os a procedimentos invasivos e seus respectivos usuários.