Dengue, Chikungunya e Zika – Aspectos Clínicos

Sintomas Dengue Chikungunya Zika
FEBRE Alta (39°C a 40°C), que começa subitamente Alta (39°C a 40°C), que começa subitamente Leve ou até mesmo ausente
DORES Nos músculos, nas articulações, na cabeça e atrás dos olhos Inchaço nas articulações e dores intensas que dificultam atividades rotineiras (como cozinhar, tomar banho, escovar os dentes, etc) Dores menos intensas nas articulações, em geral nas extremidades, às vezes acompanhada de inchaço. Olhos vermelhos e aversão à luz
MANCHAS VERMELHAS Sim, às vezes com coceira Sim, com coceira intensa Sim, com coceira intensa
ATENÇÃO
  • Náuseas, vômitos e diarreia
  • Dor abdominal intensa
  • Vômitos persistentes
  • Acúmulo de líquidos
  • Tonturas
  • Aumento do fígado
  • Sangramento de mucosa
  • Letargia e/ou irritação
  • Aumento de hematócritos, o que pode estar associado à redução de plaquetas
  • Idade acima de 45 anos
  • Lesões prévias nas articulações
  • Doenças crônicas (ex: hipertensão, diabetes) ou autoimunes (ex: lúpus)
  • Idade acima de 45 anos
  • Lesões prévias nas articulações
  • Doenças crônicas (ex: hipertensão, diabetes) ou autoimunes (ex: lúpus)
Dormências nas extremidades, dificuldade para caminhar, alterações neurológicas, paralisia facial
COMPLICAÇÕES Pode haver comprometimento de órgãos como: pulmões, coração, fígados, rins e do sistema central Persistência da dor por meses ou até anos, em alguns casos, com queda da produtividade em população economicamente ativa (20-60 anos de idade) Comprometimento neurológico, que provoca debilidade muscular. Possibilidade de reação autoimune (Síndrome de Guillain-Barré), que pode levar à paralisia cerebral

Postagens Relacionadas

Especialista da FSFX reforça a importância de exames regulares para diagnosticar doença silenciosa Celebrado no dia 26 de maio, o Dia Nacional de Combate…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo