FSFX lança unidade modelo em Atenção Primária no Vale do Aço

A Fundação São Francisco Xavier (FSFX) apresentou um modelo de atendimento diferenciado para beneficiários de sua operadora de planos Usisaúde que vivem no Vale do Aço, com a criação da Unidade de Atenção Primária – Dr. Rob Janett. O nome é uma homenagem ao professor da Harvard Medical School, que passou estaworkshop_2 última semana em Ipatinga como convidado do Workshop em Atenção Primária da FSFX. No evento, que reuniu mais de 200 profissionais de diversas instituições, o norte-americano mostrou sua experiência e os grandes resultados alcançados pelas equipes que lidera  na cidade de Boston, nos Estados Unidos.

“Sempre falo que nesse modelo de saúde é necessário ter como meta a prevenção. Para isso, é preciso garantir consultas e exames preventivos a toda uma população registrada em um único sistema, uma boa gestão da doença crônica e ter ainda a coordenação dos atendimentos do paciente, com uma equipe capacitada para acolher sua história e trabalhar para promover a melhoria da sua saúde. A Fundação São Francisco Xavier e a Usisaúde mostram que, além de forte liderança administrativa, têm uma estratégia para melhorar a qualidade dos serviços, unindo aspectos sociais, psicológicos, da saúde do paciente de forma mais ampla à assistência do Hospital Márcio Cunha. Ver que esse trabalho que defendo tem o meu nome, me dá um orgulho muito grande”, agradece Rob Janett.

Com inauguração prevista para novembro, a nova Unidade de Atenção Primária funcionará na Unidade II do Hospital Márcio Cunha (bairro Bom Retiro), com consultórios exclusivos e acesso fácil para realização de exames, e atenderá a beneficiários Usisaúde e familiares em situação de maior vulnerabilidade. Para isso, uma equipe multidisciplinar atuará com foco na promoção de saúde e na prevenção de doenças, além de gerenciar as doenças crônicas.

“Vamos, em um primeiro momento, priorizar os pacientes com mais de 60 anos e seus familiares, abrangendo um público de 15 mil vidas. Estamos propondo um modelo revolucionário de cuidado integral, baseado no trabalho integrado de uma equipe multidisciplinar de saúde, capaz de fortalecer o vínculo e a satisfação do cliente. Queremos um modelo alternativo ao atual, que é totalmente centrado em especialistas, com excessiva geração de exames e de altíssimo custo. Estamos não só resgatando o conceito do médico da família, mas ampliando para uma abordagem pela equipe de saúde da família”, reforça Luís Márcio Ramos, diretor executivo da FSFX.

Formação diferenciada

workshop_1 (1)

A Unidade de Atenção Primária contará com profissionais selecionados e capacitados a partir de um rigoroso processo de seleção. “O novo modelo nos exigiu buscar, para a maioria dos cargos, profissionais do mercado com perfil diferente daqueles que já atuam nas demais unidades assistenciais do hospital, e com comprometimento integral e exclusivo para os novos serviços oferecidos”, explica Cláudia Denize Batista, gerente de Recursos Humanos. Para isso, diversos candidatos foram pré-selecionados por meio do banco de currículos da Fundação. Eles ainda precisam encarar, como pré-requisito, o Programa Internacional de Formação em Atenção Primária da FSFX, iniciado com o Workshop e que seguirá até novembro.

O curso de aperfeiçoamento é composto por nove módulos presenciais e educação à distância. Na última semana, as primeiras 32 horas do programa foram ministradas pelo Dr. Rob Janett, especialista em atenção primária, chefe de uma das 12 unidades de atenção primária do Cambridge Health Alliance (CHA) e diretor da Mount Auburn Cambridge Independent Practice Association (MACIPA), em Boston; e pelo Dr. Paulo Borem, integrante do corpo docente do Institute for Healthcare Improvement (IHI) de Boston.

Postagens Relacionadas

No Brasil, o Dia Nacional do Homem, comemorado em 15 de julho desde 1992, está fortemente ligado ao incentivo à prevenção da saúde masculina….
Rolar para cima
Pular para o conteúdo