Usisaúde no Outubro Rosa

No mês do “Outubro Rosa”, o Hospital Márcio Cunha realiza mais que uma iluminação especial nas fachadas do Pronto-Socorro e das Unidades II, de Oncologia e de Medicina Diagnóstica, com a cor símbolo da campanha mundial para a prevenção contra o câncer de mama. Além contemplar clientes do Sistema Único de Saúde (SUS), a campanha Outubro Rosa do Hospital Márcio Cunha oferecerá exames de mamografias também às beneficiárias da operadora de planos Usisaúde, com idade entre 40 e 69 anos.
As participantes terão isenção de coparticipação para realização do exame de mamografia e por um período ainda maior, de outubro a dezembro. O agendamento do exame pode ser feito pelo telefone 0800 283 0040, no Hospital Márcio Cunha ou em uma das clínicas da rede credenciada da Usisaúde. No dia do exame, não é necessário levar o pedido médico e, de acordo com o resultado, a clínica irá orientar a paciente sobre a necessidade de agendar uma consulta com o ginecologista.
A iniciativa Outubro Rosa é uma forma de chamar a atenção das mulheres e também de seus companheiros, amigos e familiares para a prevenção e a importância do diagnóstico precoce, estimulando as mulheres a fazerem o exame da mamografia. Segundo o médico especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Marcelo de Assis Hudson, quanto mais precoce a análise do câncer de mama, mais simples e resolutivo será o tratamento, aumentando as chances de cura e eliminando a necessidade de procedimentos mais invasivos ou complicados. “O Outubro Rosa é imprescindível para a conscientização da população sobre a importante ferramenta que temos hoje, o diagnóstico precoce”, ressalta Marcelo Hudson.
Entenda o câncer de mama
Segundo tipo da doença mais frequente no mundo, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres e está mais presente na população do que se imagina. Para se ter uma comparação, a chance de uma pessoa ganhar na loteria é de uma em 50 milhões, enquanto que a probabilidade para se desenvolver o câncer de mama é de uma em cada doze mulheres. Para o Instituto Nacional do Câncer (Inca), atualmente ele responde por 25% dos casos novos de câncer no país a cada ano.
Daí o grande destaque para a mamografia, considerada hoje o principal método utilizado para prevenir ou identificar o câncer de mama. Esse exame de rastreamento deve ser realizado anualmente em toda paciente acima de 40 anos. Pacientes que apresentam maior risco, como incidência de câncer de mama na família ou alterações genéticas, podem ainda iniciar o rastreamento a partir dos 30 anos de idade.

Postagens Relacionadas

Segundo dados do Relatório Mundial sobre Visão da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 2,2 milhões de pessoas no mundo têm deficiência visual ou cegueira e,…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo