5 Exercícios para praticar durante a gestação

Muito se discute sobre a rotina que a gestante deve adotar em seu dia a dia. Entre os mais conservadores, a crença de que a mulher deve permanecer em repouso absoluto é muito difundida. De fato, antigamente, as mulheres eram aconselhadas a ficar em pé o tempo mínimo possível, levando uma vida absolutamente sedentária.

Entretanto, a medicina já comprovou que manter-se ativa é o melhor caminho para permanecer saudável e conduzir a gravidez de modo que o bebê seja beneficiado e a recuperação pós-parto da mãe ocorra mais rápida.

É fundamental que a mulher passe por uma avaliação médica e seja avaliado quais atividades físicas são as mais recomendadas para ela. Também é importante investigar se a futura mamãe apresenta algum problema de saúde, como sangramento, início de aborto, placenta baixa, hipertensão ou outros. Nesses casos, a atividade física não é aconselhada e o acompanhamento médico é imprescindível.

BENEFÍCIOS

A prática regular de atividades físicas alivia diversos desconfortos típicos da gravidez, como a retenção de líquidos, a formação de varizes, as dores nas costas, entre outros. Ao mesmo tempo, as mães aumentam a capacidade cardiorrespiratória e a resistência muscular, tonificando áreas como a pelve, o abdômen e a região lombar, o que ajuda durante o trabalho de parto (principalmente o parto normal). E ainda mais, a autoestima da mulher fica elevada, reduzindo os riscos do surgimento da depressão pós-parto.

Para auxiliar as futuras mães (em especial, as de primeira viagem), selecionamos algumas sugestões de exercícios que podem ser praticados durante a gravidez.

  • Hidroginástica

Esta é a atividade mais indicada pelos médicos. Trata-se de um exercício físico de intensidade moderada. A possibilidade de flutuar na água alivia o peso extra da gestação e contribui para amenizar as dores do parto.

  • Yoga

Os princípios do yoga giram em torno da respiração e da flexibilidade (alongamento). Paralelamente, ele é capaz de tonificar os músculos e auxiliar no equilíbrio e na circulação sanguínea. Com tantas credenciais positivas, esta atividade de baixo impacto é altamente indicada para gestantes, pois auxilia na hora do parto e alivia o estresse.

  • Pilates

Esta é uma das atividades mais praticadas pelas grávidas. Porém, o pilates não é indicado para mulheres que eram sedentárias antes da gravidez ou que nunca o praticaram antes. Entre os principais benefícios proporcionados pelo pilates estão o fortalecimento muscular da região pélvica, a melhoria da distribuição do peso corporal, o alívio das dores lombares e o ganho de força para realizar as tarefas do dia a dia.

  • Caminhada

Talvez a mais simples e acessível modalidade de atividade física, a caminhada é um exercício sem impacto e que não requer qualquer grau de aptidão. O ritmo regular da caminhada auxilia a manutenção da forma física e não sobrecarrega os joelhos. Recomenda-se a prática de, pelo menos, meia hora por dia.

  • Tai chi chuan

O tai chi chuan é uma arte marcial chinesa suave e é considerada uma forma de meditação em movimento. Ao reproduzir os movimentos da natureza, em especial os de alguns animais, este exercício milenar é capaz de promover o relaxamento muscular, reduzir a ansiedade e aumentar o equilíbrio  e a consciência corporal.

Postagens Relacionadas

Médico do Hospital Márcio Cunha alerta sobre a privação do sono que pode levar a distúrbios como depressão, insônia e apneia. O sono adequado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo