Asma na infância

A asma é uma doença respiratória, muito comum em crianças. É causada por uma inflamação na “passagem” (brônquios) que leva o ar até os pulmões. Quando inflamada, essa passagem diminui de tamanho, ficando estreita e cheia de líquido, dificultando a respiração.

A asma é uma doença crônica ainda sem cura conhecida. O tratamento é medicamentoso e contínuo, e o cuidado com o ambiente em que a criança vive é de suma importância, para que a asma esteja sempre sob controle e o uso de remédios seja mínimo.

Poeira, mofo, pelos de animais, fumaça de cigarro e cheiros fortes são apenas alguns dos fatores que podem desencadear uma crise de asma, por isso, é muito importante contar com a ajuda de todos que vivem no mesmo ambiente para que a criança não passe por transtornos.

O mofo é um fungo que se prolifera muito facilmente em lugares fechados, quentes e úmidos, principalmente em períodos chuvosos. É responsável por diversas outras inflamações respiratórias como bronquite e rinite alérgica. Para evitar sua ocorrência e de outros fungos é importante limpar a casa com frequência e deixá-la aberta arejando sempre que possível.

É fundamental que toda criança com suspeita de asma faça uma consulta médica para confirmar a doença. O médico irá identificar o que causa ou piora os sintomas, avaliar a gravidade da asma, indicar medicamentos e orientar sobre seu uso.

O objetivo do tratamento da asma é manter o controle da doença, com a menor dose de medicamento possível ou até mesmo sem o uso de remédios. Existem diversos medicamentos que reduzem as crises e dão alivio quase imediato. Tais medicamentos estão disponíveis em diferentes apresentações (comprimido, xarope, solução para nebulização e bombinha) e são igualmente importantes. Todos esses medicamentos só devem ser usados com prescrição médica, e somente o profissional saberá indicar qual é o medicamento mais adequado, a dose e o tempo de tratamento para cada pessoa. O tratamento correto pode evitar o agravamento da crise e hospitalizações desnecessárias.

Por isso, nada de automedicação. Siga as orientações do médico e cuide da limpeza da casa, para que toda a família tenha uma boa qualidade de vida.

Procure saber mais sobre o Projeto Respirar, destinado às crianças de até 14 anos, que possuem asma, bronquite ou que chiam. A informação e a parceria entre todos são garantia de sucesso no tratamento.

Postagens Relacionadas

O dia 21 de junho marca o início do inverno, no Brasil, e é também quando se celebra o Dia Nacional de Controle da…
Condição crônica atinge população mais jovem devido a estilo de vida pouco saudável A hipertensão arterial, popularmente conhecida como pressão alta, é uma condição…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo