Atividades Físicas durante a gravidez

Normalmente, quando a mulher descobre uma gravidez, os receios são muitos e, entre eles, provavelmente, está a dúvida se ela deve ou não fazer atividades físicas.

De forma geral, a prática regular de atividades físicas é um hábito recomendado mundialmente, mas quando se fala sobre gestantes, o cuidado deve ser redobrado e a análise criteriosa de cada caso deve ser realizada regularmente pelo médico ginecologista da paciente.

Isso não quer dizer que as atividades são proibidas neste período. Na verdade, se elas forem realizadas com prescrição médica e acompanhamento de um profissional, são muito bem vindas, pois além de serem um hábito bom para a mamãe, são benéficas também para o feto, que receberá mais nutrientes e oxigênio, favorecendo seu crescimento.

Além disso, a prática de atividades físicas ajuda a evitar doenças como pré-eclâmpsia (relacionada à hipertensão arterial) e diabetes gestacional, auxiliam no relaxamento e redução do inchaço e dores musculares, controlam a ansiedade e são grandes aliadas para quem busca o parto normal, pois aumentam a capacidade pulmonar e cardiovascular.

Entretanto a mamãe deve ter em mente quando decide se exercitar que este não é o momento de virar atleta! As atividades recomendadas para gestantes são aeróbicas e de baixa intensidade como caminhada, hidroginástica, ioga, pilates e alongamentos.

Atividades em que haja necessidade de ficar de pé podem ser prejudiciais, pois dificultam a circulação sanguínea, causando queda de pressão e mal-estar, além de sobrecarregarem as articulações, que tendem a estarem mais frouxas neste período. Já atividades mais específicas e intensas, como abdominais e steps só são permitidas em alguns casos. Por isso, converse com seu ginecologista a respeito e siga as orientações dele.

O tempo de exercício deverá ser estipulado pelo seu médico de acordo com o andamento de sua gestação. Além disso, ele deve ser revisto regularmente para que não haja sobrecarga ou prejuízos à sua saúde e de seu bebê.

Além de todos os benefícios já apresentados, as atividades físicas contribuem para uma recuperação no pós-parto, além de melhorarem seu humor e sua autoestima, sendo uma grande aliada na sua relação com seu bebê.

Como você pode notar, são vários os benefícios da prática de atividades físicas. Caso seja do seu interesse, converse com seu médico e comece a se exercitar!

Postagens Relacionadas

Médico do Hospital Márcio Cunha alerta sobre a privação do sono que pode levar a distúrbios como depressão, insônia e apneia. O sono adequado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo