Descubra agora 4 benefícios do beijo para a saúde

Tempo de leitura: 3 minutos. 

Você sabia que no dia 13 de abril é celebrado o Dia do Beijo? Se para os apaixonados a data convida ao romance, para a área da saúde é a oportunidade de abrir campanha e dizer que beijar é bom, mas é importante também ter a consciência de que existe o risco de transmissão de doenças. 

As pessoas, quando estão apaixonadas, geralmente não se preocupam com nada além de viver aquele sentimento mútuo. E beijar é uma das formas mais comuns de se conectar e criar maior intimidade entre casais que desejam permanecer juntos. 

Nosso post é para reforçar o quanto o beijo pode fazer bem para a saúde por diversos motivos, mas também alertar sobre os cuidados necessários para evitar doenças transmissíveis. Continue lendo e veja a importância dessa campanha!

O que significa o dia internacional do beijo?

O dia 13 de abril foi instituído como o dia internacional do beijo para celebrar o sentimento entre duas pessoas e simbolizar essa afeição romântica. Não se sabe ao certo onde nasceu a ideia, mas o fato é que no mundo inteiro, a data é motivo para beijar muito. 

Em contrapartida, ao longo do ano, diversas campanhas são realizadas na área da saúde no intuito de alertar e conscientizar a população sobre os cuidados com comportamentos e práticas, a fim de evitar problemas, males e doenças. 

É saudável beijar? Veja 4 benefícios dessa prática

Quando duas pessoas se beijam, para elas é um momento mágico de entrega e bem-querer. Já para a saúde, os benefícios vão além. Veja por que beijar faz bem!

1. Queima de calorias

O primeiro benefício é que há um gasto considerável de calorias, cerca de 12 a 18 kcal em um beijo intenso e mais demorado. Um só beijo movimenta 29 músculos da face, sendo que desses, 17 são só da língua.

2. Sensação e bem-estar e relaxamento

Um beijo apaixonado faz muito bem para o cérebro,  pois estimula a produção de substâncias químicas capazes de aumentar os batimentos cardíacos, para em seguida trazer a grata sensação de prazer, tranquilidade e bem-estar, causando um relaxamento positivo do corpo e da mente. 

3. Ajuda na limpeza dos dentes

O beijo é um potente estimulador das glândulas salivares e, por isso, um ótimo recurso para deixar a boca sempre úmida pela saliva produzida. A saliva, por sua vez, funciona como uma espécie de “detergente” natural da boca, mantendo a parte interna e os dentes sempre limpos, eliminando a chamada “boca seca”.

4. Fortalece o sistema imunológico

Beijar pode contribuir para melhora da imunidade, uma vez que as bactérias que normalmente circulam na troca de secreção e saliva são boas e importantes para ajudar o organismo a ganhar mais resistência, equilibrando as defesas imunológicas.

Como evitar a contaminação de doenças transmitidas pelo beijo?

É fato que beijar faz mais bem do que mal, no entanto, não dá para negligenciar que o beijo pode transmitir doenças em alguns casos. Ter ciência dessa possibilidade de contaminação faz com que as pessoas observem detalhes e características antes de sair beijando o primeiro ou a primeira que encontrar pela frente. 

Veja as principais doenças:

●     Mononucleose infecciosa – conhecida como doença do beijo, é infecciosa causada pelo vírus Epstein-Barr, transmitida facilmente de pessoa para pessoa através da saliva;

●     Gripe e resfriados – a gripe é causada pelo vírus do tipo influenza e o resfriado por mais de 200 tipos de vírus facilmente transmitidos na troca de um beijo;

●     Herpes – causado pelo vírus herpes simples, pode afetar os lábios ou a parte interna da boca e ser transmissível pelo contato da saliva durante o beijo, causando lesões na região afetada;

●     Candidíase – causada por fungos do gênero Candida, que surge especialmente quando a imunidade está baixa, é uma doença transmissível que pode ocorrer em um beijo;

●     Sífilis – a bactéria causadora dessa doença é a Treponema pallidum que, apesar de ser sexualmente transmissível, pode também ocorrer pela saliva e infectar a outra pessoa através do beijo.

Essas são apenas algumas das doenças que podem ser contraídas em um beijo despretensioso, por isso, no dia do beijo, se você já está em um relacionamento, aproveite para se declarar à pessoa amada. Já se você está em busca de um grande amor, seja prudente, se preservando e também ao outro para ter a chance de viver uma história feliz no futuro.

Como a prevenção é sempre o melhor caminho, mantenha sempre o acompanhamento médico de saúde em dia e bem-informado sobre o que acontece no mundo da saúde. Para isso, acompanhe a FSFX em seu perfil oficial no Instagram!

Referências:

FERNANDO, G. M. P.; CRISTINA, M.P.; PEREIRA, S.G.; RICARDO, A.C.; INÁCIO, F. B.; DREW, M. C. G. HIV/aids, hepatites virais e outras IST no Brasil: tendências epidemiológicas. 2019. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rbepid/a/rDKhWggrrL89QBMtNkCKKFq/?lang=pt> Acesso em: 12 de Abr. 2022 

GOVERNO DO ESTADO DO ALAGOAS. Beijo pode transmitir mais de 10 doenças, alerta pneumologista do HGE. 2020. Disponível em: <http://agenciaalagoas.al.gov.br/noticia/item/32265-beijo-pode-transmitir-mais-de-10-doencas-alerta-pneumologista-do-hge> Acesso em: 12 de Abr. 2022

GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE. Infectologista chama atenção para cuidados com doenças transmitidas através do beijo. 2020. Disponível em: <https://www.saude.se.gov.br/infectologista-alerta-para-cuidados-com-doencas-transmitidas-pelo-beijo/> Acesso em: 12 de Abr. 2022

PREFEITURA MUNICIPAL DO PAULISTA. Beijar na boca é bom e emagrece, mas pode causar doenças graves. 2016. Disponível em: <https://www.paulista.pe.gov.br/site/noticias/detalhes/2392> Acesso em: 12 de Abr. 2022

Postagens Relacionadas

Médico do Hospital Márcio Cunha alerta sobre a privação do sono que pode levar a distúrbios como depressão, insônia e apneia. O sono adequado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo