Dia da imunização e a importância da vacinação

Conteúdo atualizado em 03/07/2020.

A imunização está entre os eventos que contribuíram decisivamente para o aumento da expectativa de vida da humanidade. E o dia 9 de junho foi escolhido para lembrar e celebrar mundialmente este fato.

O principal objetivo dessa data é conscientizar a população sobre a importância de manter as vacinas em dia, diminuindo as chances de contrair doenças como a caxumba, o sarampo, o tétano, a gripe, entre outras.

Os primeiros anos de vida são marcados por gotinhas e agulhadas, mas com o passar do tempo, o número de vacinas diminui até chegarmos à fase adulta, tomando apenas algumas.

História da vacina

No campo da humanização, as vacinas ocupam um dos maiores avanços em saúde já conquistados pelo homem.

A primeira vacina de imunização foi criada pelo médico britânico Edward Jenner, em 1796, quando descobriu como imunizar as pessoas expostas ao vírus da varíola. Em pouco tempo o processo passou a ser adotado mundialmente. 

As vacinas são produzidas com propriedades dos próprios agentes causadores das doenças, mas em estado inativo. Quando entram em contato com o organismo, o corpo produz anticorpos para combater o agente invasor, o que confere à imunidade.

Qual a importância da imunização?

Embora, tenham surgido boatos sobre a vacinação ser causadora de doenças, é extremamente importante ressaltar que tais informações são falsas e ressaltar que tais informações são falsas e muito perigosas.

A manutenção do esquema vacinal em dia, recebendo todas as doses e reforços indicados e as novas vacinas que surgem, é uma forma de manter a proteção de todas as pessoas, independente da idade, gênero e profissão.

A Organização Mundial de Saúde alerta que “a imunização salva milhões de vidas e é amplamente reconhecida como uma das intervenções globais em saúde de maior sucesso e mais economicamente viáveis”.

Conheça o Programa Nacional de Vacinação

No Brasil, o Ministério da Saúde criou o Programa Nacional de Imunizações (PNI) que se destaca entre os melhores programas de imunização do mundo, responsável pela administração do Calendário Nacional de Vacinação, que inclui orientações para crianças, adolescentes, adultos e idosos. Todas as vacinas do PNI podem ser tomadas gratuitamente em postos de saúde.

No país, o Ministério da Saúde promove duas campanhas anuais de vacinação: 

  • Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (Gripe), realizada no primeiro semestre, antecedendo o período mais frio do ano.
  • Campanha de Multivacinação para a Atualização da Caderneta de Vacinação

Além disso, a cada quatro anos, todas as crianças menores de cinco são também alvo da campanha de vacinação contra sarampo (Campanha de Seguimento contra Sarampo).

Fique atento as datas disponíveis no site oficial do Ministério da Saúde. E se perder alguma data, procure um posto de saúde ou laboratório de confiança para receber as vacinas pendentes. Outra sugestão é aproveitar o Dia da Imunização para atualizar o seu cartão de vacinas.

É importante lembrar que aos doze meses de idade, a criança já deverá ter tomado todas as vacinas do esquema básico. Confira aqui o calendário nacional de vacinação infantil:

http://atituderimacomsaude.com.br/vacinacao-ate-1-ano-de-idade-dicas-para-cuidar-da-saude-do-bebe/

Ah! Vale ressaltar que cada país tem uma lista específica de vacinação. Por isso antes de viajar para o exterior ou áreas de fronteira, não esqueça de verificar a lista de cada país. Saiba mais em:

http://atituderimacomsaude.com.br/vacinacoes-orientacao-aos-viajantes/

Referências:
https://amb.org.br/noticias/dia-mundial-da-imunizacao/
https://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/pni/o-que-e.html
https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/vacinacao/campanhas

Postagens Relacionadas

A Fundação São Francisco Xavier estará presente em mais uma edição da tradicional feira de negócios do Vale do Aço, a Expo Usipa, que…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo