Doenças de pele no inverno: conheça e esteja preparado

O inverno começou oficialmente no dia 21 de junho e, com ele, vários fatores climáticos e atmosféricos interferem no funcionamento de nosso organismo. A nossa pele, por exemplo, tende a ficar mais ressecada por causa da redução da transpiração e pelo contato direto com o ar seco, uma vez que a umidade relativa do ar tende a se manter baixa, principalmente nos estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste brasileiros. Ao mesmo tempo, os banhos tendem a ser mais quentes, provocando a retirada da oleosidade natural da pele de forma mais intensa, reduzindo a umidade e proteção.

Entre os problemas de pele que podem surgir no inverno, estão desde uma descamação simples, que confere a ela uma aparência esbranquiçada, até patologias como a psoríase e a ictiose vulgar. Para evitar as doenças de pele, alguns cuidados são essenciais. Por isso, temos dicas para você. Veja as principais doenças de pele mais comuns no inverno:

  • Dermatite atópica – Esta doença é caracterizada por lesões cutâneas e coceira aguda, que podem atingir os membros, o tronco e a face. Entre as crianças, as lesões costumam ser avermelhadas, apresentando escamações. A partir da adolescência, porém, essas lesões se concentram nas dobras do corpo, como a parte atrás dos joelhos, na articulação dos braços e no pescoço. Nesses locais, a pele se torna escurecida, áspera e grossa.
  • Dermatite seborreica – A dermatite seborreica incide principalmente nas regiões do corpo onde há maior concentração de pelos, como a face (no caso dos homens) e no couro cabeludo. Trata-se de uma descamação da pele causada pela desregulação sebácea. Os sintomas mais comuns são o excesso de oleosidade e a coceira. Como consequência, a descamação pode causar caspa e seborreia.
  • Psoríase – Relativamente comum, é uma doença crônica, não contagiosa e que atinge, principalmente, pessoas entre 20 e 40 anos. Embora a causa da psoríase ainda seja desconhecida, sabemos que há uma predisposição genética para o seu desenvolvimento, que pode se manifestar por fatores emocionais.
  • Ictiose vulgar – A ictiose vulgar se manifesta logo após o nascimento do bebê. Ela é caracterizada pelo ressecamento da pele e pela descamação. Os membros são as áreas mais afetadas e, após os dois primeiros anos de vida da criança, a doença tende a regredir, junto com os sintomas.

Confira agora como cuidar da pele no inverno:

Fique atento(a) à alimentação

Para prevenir o envelhecimento da pele (mais acelerado no inverno) e neutralizar os radicais livres, é aconselhável o consumo de hortaliças (como brócolis, repolho e cenoura) e frutas ricas em vitamina C (como morango, laranja, tangerina, limão e cereja).

Para evitar o ressecamento e favorecer a elasticidade da pele, a soja é uma grande aliada, já que ela é rica em isoflavonas. Já as castanhas, nozes e amêndoas são ricas em vitamina E, deixando a pele saudável e bonita. A ingestão de líquidos também deve merecer atenção. Beba ao menos dois litros de água por dia. Se preferir, alterne água, chás e sucos naturais para tornar a hidratação mais prazerosa. Vale lembrar que os chás devem ser consumidos com orientação do nutricionista, pois eles possuem princípio ativo, semelhante aos medicamentos.

Mais dicas para manter a pele hidratada

  • Evite banhos muito quentes e demorados;
  • Não use buchas e esponjas durante o banho, pois elas alteram a oleosidade natural da pele;
  • Utilize hidratante logo após sair do banho;
  • Se você tiver pele oleosa, evite hidratantes comuns no rosto. Prefira produtos “oil free”;
  • Use hidratantes específicos para os lábios;
  • Aplique filtro solar regularmente sobre a pele.

Não pense que as doenças de pele estão restritas ao inverno! O verão também requer cuidados específicos. Saiba mais aqui.

Postagens Relacionadas

O dia 21 de junho marca o início do inverno, no Brasil, e é também quando se celebra o Dia Nacional de Controle da…
Condição crônica atinge população mais jovem devido a estilo de vida pouco saudável A hipertensão arterial, popularmente conhecida como pressão alta, é uma condição…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo