Abandono de cigarro: conheça os métodos para abandono do cigarro!

Tempo de leitura: 5 minutos.

Conteúdo atualizado em 02/09/2020.

Parar de fumar não é um desafio fácil!. O tabagismo é conhecido como uma doença epidêmica que provoca a dependência do usuário. No entanto, existem diferentes métodos que contribuem nesse sentido. Não existe um que seja melhor, ou mais eficaz que o outro, mas sim métodos que são mais ou menos adequados para cada tipo de pessoa. Cabe ao usuário avaliar e decidir qual método irá utilizar, de acordo com sua realidade. 

O primeiro passo é entender os próprios comportamentos que envolvem o ato de fumar e compreender os hábitos que foram criados com o tempo. Uma pessoa pode desenvolver o hábito de fumar até sem perceber, simplesmente porque seu comportamento se tornou repetitivo, até se tornar um hábito e, consequentemente, um vício. O mais importante é pensar a respeito e encontrar associações: “existem situações particulares, eventos ou comportamentos que parecem, quase sempre, fazer com que eu automaticamente procure um cigarro?”. 

Então, antes de entrar na prática e encontrar a melhor forma de percorrer o caminho do abandono do cigarro, é necessário perceber a realidade onde se está e onde se quer chegar. 

Começar escolhendo uma data para ser o primeiro dia sem cigarro e fazer dela uma ocasião especial, aumenta a chance de sucesso.

Neste conteúdo, serão apresentados os principais métodos para o abandono do hábito de fumar. Conheça!

1. Interrupção imediata 

É quando o indivíduo faz uma parada abrupta do ato de fumar, independente do quanto fumava ao longo de todo dia. Neste método, a pessoa deverá parar de fumar a partir do momento escolhido, e, partir daí, não fuma mais nenhum cigarro.

2. Parada gradual, reduzindo cigarros

Neste método, o primeiro passo é identificar o quanto fuma por dia, e fazer uma programação, definindo a data para parar de fumar, e quantos cigarros a menos serão eliminados a cada dia. É importante se planejar para parar em até duas semanas, pois a programação a longo prazo poderá deixar a experiência de parar de fumar ainda mais difícil.

Por exemplo: hoje você fuma um maço (20 cigarros). A cada dia você fumará quatro cigarros a menos, até não fumar mais nenhum, o que acontecerá em cinco dias.

 3. Parada gradual, reduzindo o tempo.

Este método é caracterizado pelo adiamento de tempo do consumo do primeiro cigarro do dia. Primeiro, a pessoa deverá identificar em qual horário tem o hábito de fumar o primeiro cigarro, e adiar, por exemplo em duas horas. E, a cada dia, prolongar mais o consumo, até que não esteja fumando nenhum cigarro no dia. 

Por exemplo: se o primeiro cigarro do dia for as 6h, no segundo dia, será às 8h, em seguida às 10, 12, 14, 16, 18, 20, 22h e pronto! No nono dia, estará sem fumar.

4. Com auxílio de medicamentos. 

Além dos métodos descritos, que envolvem a mudanças de hábitos para o abandono do cigarro, existem medicamentos que também podem auxiliar neste processo. Eles têm o objetivo de minimizar os sintomas da síndrome de abstinência à nicotina, e assim, facilitar a o processo de cessação do tabagismo. Eles devem ser prescritos e acompanhados por um profissional capacitado, e a escolha deverá ser feita de acordo com as características e histórico de saúde do usuário. Vale ressaltar que os medicamentos não devem ser utilizados isoladamente, e sim em associação com uma boa abordagem adequada. 

É muito comum que, ao se aproximar a data do abandono de cigarro, as pessoas tentem, de todas as formas, contorná-la ou até mesmo adiá-la. Por isso, seja qual for o método escolhido, o importante é que uma vez marcada a data, não volte atrás. Não existe o método mais adequado, o ideal é verificar as particularidades e entender quais deles funcionam melhor e se adaptam à rotina de cada um. Assim, as chances de sucesso aumentam consideravelmente.

E então, o que achou dos métodos para abandono de cigarro? Parar de fumar trará  muitos benefícios à pessoa e à sua família. Para saber mais, continue no blog e confira quais são eles!

Referências:

INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER (INCA). Como parar de fumar. Disponível em: https://www.inca.gov.br/como-parar-de-fumar. Acesso em: 14 ago. 2020. 

INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER (INCA). Tratamento do tabagismo. Disponível em: https://www.inca.gov.br/programa-nacional-de-controle-do-tabagismo/tratamento#:~:text=Os%20medicamentos%20disponibilizados%20pelo%20Minist%C3%A9rio,e%20o%20cloridrato%20de%20bupropiona. Acesso em: 14 ago. 2020.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Como parar de fumar. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/130pararfumar.html. Acesso em: 14 ago. 2020. 

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Quer parar de fumar? Escolha um dos três métodos. Disponível em: https://saudebrasil.saude.gov.br/eu-quero-parar-de-fumar/quer-parar-de-fumar-tres-metodos-diferentes-para-escolher. Acesso em:  14 ago. 2020.

Postagens Relacionadas

Segundo dados do Relatório Mundial sobre Visão da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 2,2 milhões de pessoas no mundo têm deficiência visual ou cegueira e,…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo