A importância da caminhada

A caminhada é uma das atividades físicas mais democráticas e mais fáceis de ser praticada. É gratuita e pode ser realizada a qualquer horário e em diversos locais da cidade – ou até mesmo em casa, caso você tenha uma esteira ou um espaço adequado para praticar essa atividade. Além de contribuir para a manutenção dos órgãos do nosso corpo, é uma grande aliada para o emagrecimento e melhora a autoestima dos praticantes.

É considerada uma boa atividade aeróbica, pois trabalha praticamente todos os músculos do corpo e pode queimar uma quantidade significativa de calorias se realizada com intensidade e regularidade.

Além disso, contribui para a saúde respiratória – prevenindo doenças que atingem os pulmões como asma e bronquite –, para a prevenção e controle de diversas outras doenças, como hipertensão, diabetes, obesidade e osteoporose. Ela ainda melhora a circulação sanguínea, reduzindo a possibilidade de ocorrência de infartos, derrames e problemas vasculares, como as varizes.

A caminhada também é benéfica para a saúde mental, pois libera endorfina, diminuindo o nível de estresse e o risco de depressão, além de proporcionar uma sensação de bem-estar e prazer ao praticante. Outra vantagem da endorfina é o controle da vontade de comer, já que diversos alimentos, como o chocolate, também fornecem a mesma sensação ao corpo.

Apesar de todos os benefícios apresentados, é importante ressaltar que se você possui alguma doença ou predisposição a desenvolvê-la – seja respiratória, cardíaca, ou algo que seja motivo de preocupação –, é importante procurar orientação médica antes de iniciar a prática da atividade física, para que seja feita uma avaliação e qualquer risco à saúde seja eliminado.

Para a Organização Mundial de Saúde a pratica de atividade física é considerada regular quando realizada com intensidade moderada – no mínimo 150 minutos por semana. Esse tempo é suficiente para trazer muitos benefícios à saúde.

E mesmo que possua limitações, faça uma atividade de baixa intensidade. O que não vale é ficar parado!

Postagens Relacionadas

Médico do Hospital Márcio Cunha alerta sobre a privação do sono que pode levar a distúrbios como depressão, insônia e apneia. O sono adequado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo