Descubra 4 benefícios da meditação para a saúde

Tempo de leitura: 3 minutos. 

Os batimentos do nosso coração, a frequência da nossa respiração, e até mesmo o processo que envolve nossa digestão acontecem independente da nossa vontade: eles são controlados no nosso sistema nervoso e, portanto, influenciados pela nossa mente. Por isso, os cuidados com a mente são tão importantes quanto a atenção que se dá à saúde do corpo. Um dos mecanismos eficientes e benéficos é o ato de meditar, que permite um momento de conexão dos pensamentos e canalização de bons sentimentos. 

A meditação é uma prática que deve ser incluída na rotina diária para que a mente, aos poucos, entenda o processo de esvaziar daquilo que causa desconforto e preencher de um desejo genuíno de que tudo ocorra bem ao longo do dia e da vida. 

Neste post trazemos 4 benefícios que a meditação proporciona aos praticantes e orientações de como incluí-la no dia a dia. Continue lendo e veja a importância de dar uma pausa e um descanso para a mente!

Como a meditação favorece uma vida saudável? 4 benefícios dessa prática

A meditação não é uma prática apenas dos povos indianos, esotéricos ou adeptos do budismo como muitos pensam. Trata-se na verdade de um exercício mental que faz muito bem para o cérebro, colaborando para o funcionamento adequado das suas atividades. 

É um processo que traz relaxamento para o corpo, tornando a rotina mais leve, ao passo que melhora a qualidade de vida. Selecionamos pelo menos 4 benefícios de meditar todos os dias!

1. Reduz o estresse e a ansiedade

Os problemas e dilemas da vida podem desencadear diversos episódios de estresse e ansiedade, causando desequilíbrio emocional. A meditação ajuda a organizar os pensamentos, a refletir melhor sobre os motivos causadores das preocupações e a encontrar soluções com mais tranquilidade.

2. Melhora a qualidade do sono

Com a redução do estresse e da ansiedade, o sono tende a ser mais tranquilo e sem ocorrência de insônia à noite. Durante a meditação é possível transformar os pensamentos negativos em uma visão mais otimista e com o tempo, a mente vai relaxando, permitindo dormir sem o peso das preocupações e problemas.

3. Diminui as dores corporais

O corpo sente o que vai na mente, logo, meditar colabora para a redução das dores causadas pela tensão, estresse e preocupação em excesso. Dores de cabeça, nas costas e articulações são comuns quando a mente está em desequilíbrio emocional e, ao organizar os pensamentos, a meditação é capaz de trazer relaxamento para o corpo.

4. Regula a pressão arterial

O sistema nervoso é um dos mecanismos que regulam nossa pressão arterial. Quando estamos em situação de estresse, como a necessidade de correr de um cachorro, é normal que nossa pressão se eleve. Entretanto, situações de estresse cotidianas constantes podem influenciar o aumento da nossa pressão de forma prejudicial. Assim, o ato de meditar ao permitir melhor controle dos pensamentos, reduz não apenas o estresse mas também auxilia no controle da pressão arterial.

Como iniciar a prática da meditação?

A meditação é um compromisso diário da mente e do corpo com a pausa necessária para ajuste dos pensamentos e sentimentos negativos. Leva um tempo até que o cérebro entenda esse momento de esvaziar e preencher, por isso, para iniciar a prática, siga alguns passos:

  • Escolha a técnica – na internet você encontra diversas técnicas com instruções para você experimentar até definir a que mais faz sentido para o seu processo. Procure por técnicas de meditação guiada para facilitar o início da prática.
  • Escolha um lugar tranquilo e silencioso
  • Reserve um horário – o tempo de pausa é você quem determina
  • Se quiser, pode colocar uma música relaxante de fundo– instrumental, piano, sons da natureza
  • Sente-se de forma confortável com  os olhos fechados. 
  • Opte por roupas confortáveis
  • Inclua esse processo em sua rotina diária 

A meditação é uma busca de equilíbrio das emoções, que fortalece a saúde do corpo e da mente, assim como o amor-próprio. O Dia Mundial da Meditação, celebrado em 21 de maio, foi instituído para difundir os benefícios dessa prática e do quanto ela contribui para uma vida mais saudável. 

Gostou do post? Que tal aproveitar para seguir a FSFX no Instagram e acompanhar mais informações sobre saúde!

 Referências 

BAPTISTA, C.;M.; DALBOSCO.; D.; D.; BIZARRO, L. Meditação, bem-estar e a ciência psicológica: revisão de estudos empíricos. 2011. Disponível em:<https://revistas.ufpr.br/psicologia/article/view/20249> Acesso em: 20 de Abr. 2022

LUC, Jean. Meditação de método. 2013. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/alea/a/ydbN6kvChbQ7CcbG6jR9Bgf/?lang=pt> Acesso em: 20 de Abr. 2022.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Meditação diminui ansiedade e ajuda no combate à obesidade. 2018. Disponível em: <https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-brasil/eu-quero-ter-peso-saudavel/noticias/2018/meditacao-diminui-ansiedade-e-ajuda-no-combate-a-obesidade> Acesso em: 20 de Abr. 2022.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Práticas integrativas ajudam contra a depressão. 2022. Disponível em:< https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-brasil/eu-quero-me-exercitar/noticias/2018/praticas-integrativas-ajudam-contra-a-depressao> Acesso em: 20 de Abr. 2022

Postagens Relacionadas

O dia 21 de junho marca o início do inverno, no Brasil, e é também quando se celebra o Dia Nacional de Controle da…
Condição crônica atinge população mais jovem devido a estilo de vida pouco saudável A hipertensão arterial, popularmente conhecida como pressão alta, é uma condição…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo