Os perigos da pílula do dia seguinte

A pílula do dia seguinte já é, há alguns anos, bastante utilizada no Brasil como uma forma de prevenção à gravidez não planejada. No entanto, algumas mulheres a usam de maneira errada, como o único método preventivo e não como uma saída emergencial frente a algum acidente como o rompimento do preservativo ou esquecimento da pílula comum.

Apesar de ser um medicamento eficaz a pílula do dia seguinte, além de não proteger contra doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), esconde alguns perigos. Por isso, é importante ficar atenta à forma de usá-la a fim de evitar problemas futuros.

O maior perigo do uso indiscriminado deste medicamento é justamente o que ele se propõe a prevenir: a gravidez. Isto acontece porque a cada uso, sua eficácia diminui, conforme comprovado por estudos realizados pelos fabricantes do medicamento. De acordo com os dados, a taxa de eficácia é de 98% no primeiro uso, mas diminui à medida que a administração é repetida com um curto intervalo de tempo. O tempo mínimo indicado por profissionais é de um mês.

O segundo perigo diz respeito aos efeitos colaterais. Devido à alta dosagem de hormônios, a pílula desregula o ciclo menstrual da mulher – que pode demorar meses para voltar ao normal, e pode causar tonturas, enjoos, náuseas e inchaço.

O terceiro perigo é o risco de desenvolver trombose, derrame e outras complicações relacionadas principalmente ao sistema circulatório, devido à exposição a altas doses de hormônios através da pílula.

Todas estas questões envolvem o fácil acesso e o fato de que ela pode ser comprada sem receita médica, levando à falsa percepção de que não há riscos. O ideal após realização de sexo desprotegido ou incidentes que facilitem a gravidez é procurar orientação médica. Embora a pílula deva ser tomada o quanto antes, alguns exames podem ser necessários para evitar complicações.

Postagens Relacionadas

Médico do Hospital Márcio Cunha alerta sobre a privação do sono que pode levar a distúrbios como depressão, insônia e apneia. O sono adequado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo