Planejar a gravidez: saiba como se preparar para a gestação

A decisão de gerar uma criança é uma das escolhas mais importantes da vida de uma pessoa, e envolve uma série de aspectos que devem ser cuidadosamente observados. É necessário um bom planejamento, de modo a preparar a família, a estrutura física da casa e as inevitáveis mudanças de rotina às quais os pais estarão sujeitos.

O objetivo de um planejamento adequado é criar um ambiente saudável para o desenvolvimento da criança, ainda durante a gestação.

Para isso, alguns fatores devem ser considerados, como nutrição, vitaminas, peso, exercícios físicos, orientação quanto ao consumo de certas medicações, drogas e álcool, aconselhamento genético e acompanhamento médico.

O planejamento da gravidez também envolve a atenção para algumas condições, como o controle do diabetes e da hipertensão arterial da mamãe.

Também é importante que os futuros pais recebam informações adequadas, como exames a serem realizados, vacinações e hábitos saudáveis.

Qual é o momento certo para engravidar?

Nem sempre é fácil responder a essa questão, uma vez que se trata de uma decisão muito pessoal. Há quem deseje ter um filho ainda na juventude para aproveitar a energia e a disposição da idade, e acompanhar o ritmo da criança e do adolescente.

Outras pessoas estabelecem algumas prioridades anteriores à maternidade / paternidade, como realização financeira e profissional, conclusão de cursos e cumprimento de objetivos pessoais.

O preparo emocional do casal, no entanto, é um fator primordial e que pode ser decisivo para determinar o momento mais adequado para a gravidez, principalmente se considerarmos os avanços da medicina, que permitem que uma mulher com mais de 35 anos engravide com mais segurança.

Principais impactos provocados pela chegada do bebê

Quando cogitamos a chegada de um novo membro da família, devemos estar preparados para compreender as mudanças pelas quais nossas vidas deverão passar. O primeiro impacto é o emocional.

Para algumas pessoas, é um pouco difícil se acostumar com a ideia de que há um pequeno ser humano totalmente dependente delas. A dimensão dessa responsabilidade é enorme. Para a maioria dos pais, contudo, o bebê é um motivo de alegria e motivação, que representa, em muitos casos, uma grande realização.

Porém, existem outros fatores. Os impactos financeiros são significativos e de longo prazo, já que a criança precisa de fraldas, roupas, um quarto adequado, entre diversos outros itens que compõem o enxoval. Posteriormente, virão as despesas com escola e outras obrigações. Assim, o planejamento financeiro é indispensável.

Finalmente, a rotina dos pais sofre profundas transformações, já que a vida social se torna um pouco limitada (pelo menos no início) e os horários em que a criança demanda cuidados são variáveis, de modo que algumas madrugadas em claro podem acontecer.

O que os futuros pais devem fazer durante a gravidez?

A realização dos exames pré-natais é fundamental para garantir a boa saúde da mãe e do bebê em gestação.

Entre as providências e as práticas que os pais podem adotar durante o período de gestação, estão a montagem do quarto do bebê e do enxoval, a escolha do nome, a organização do tempo e da agenda de cada um, para que a mãe, principalmente, não fique sobrecarregada, e a prática de atividades físicas de baixo impacto para que a mulher conduza a gravidez de forma saudável, beneficiando a si própria e ao bebê. Para conhecer alguns exercícios físicos aconselhados para gestantes, clique aqui.

Também é importante que os pais da criança recebam as orientações dos cuidados com o bebê, amamentação, do parto e pós parto.

Dessa forma, os impactos gerados pelo nascimento do bebê serão minimizados e tanto ele quanto a família se sentirão mais confortáveis para que essa experiência da maternidade / paternidade seja vivenciada de forma plena e feliz.

Postagens Relacionadas

Médico do Hospital Márcio Cunha alerta sobre a privação do sono que pode levar a distúrbios como depressão, insônia e apneia. O sono adequado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo