Elaborando o Plano de Parto

Conteúdo atualizado em 26/07/2021

Tempo de leitura: 7 minutos.

Detalhes podem fazer uma grande diferença para o seu parto, tornando-o uma experiência mais intensa e enriquecedora para toda a família. Você tem o direito de participar das decisões que envolvem seu bem-estar e o do seu bebê, conhecendo os benefícios e riscos de cada procedimento realizado na assistência ao seu parto.

O plano de parto é um documento, de caráter legal, escrito pelas gestantes após receberem informações sobre a gravidez e o processo de parto, considerando seus valores e desejos pessoais, além das expectativas criadas sobre seu parto ao longo da gravidez. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS), desde 1996, recomenda a elaboração do plano de parto e o compreende como mecanismo de incentivo às mulheres pela busca por informações qualificadas, instrumento para a construção das expectativas e dos desejos com relação à experiência do parto e um exercício de protagonismo.

O recomendado é que ele seja pensado desde o início da gravidez. Neste documento a mulher terá a oportunidade de organizar suas ideias para facilitar o diálogo com o acompanhante que estará presente, e com os profissionais que assistirão ao parto, trazendo maior segurança para todos. 

É fundamental indicar aquilo que é importante para você. Entenda que não é uma lista de obrigações ou permissões para a equipe que a atenderá no nascimento do seu bebê, mas permitirá que os envolvidos conheçam seus desejos, escolhas e prioridades. Conhecendo o que você espera, a equipe terá a chance de ajudá-la a passar pela melhor experiência possível no nascimento do seu bebê. Pois isso, é importante que compartilhe o documento com a sua equipe de pré-natal. Os profissionais envolvidos poderão esclarecer suas dúvidas e auxiliar no preenchimento. 

Veja um modelo de plano de parto:

Referências:

BRASIL. Humanização do parto e do nascimento. Brasília: Ministério da Saúde, 2014. 465p. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderno_humanizasus_v4_humanizacao_parto.pdf>. Acesso em: 12 Jan. 2021.

BRASIL. Diretrizes nacionais de assistência ao parto normal: versão resumida Brasília : Ministério da Saúde, 2017. 51p. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_nacionais_assistencia_parto_normal.pdf>  Acesso em: 12 Jan. 2021.

Postagens Relacionadas

Médico do Hospital Márcio Cunha alerta sobre a privação do sono que pode levar a distúrbios como depressão, insônia e apneia. O sono adequado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo