Receita: Pão de queijo prático e saboroso

Todos sabem que o pão de queijo é um quitute que agrada a quase todo mundo, mas poucas pessoas param para pensar sobre a origem dessa delícia. A sua criação e história são repletas de curiosidades e surpresas. Confira!

História e origem do pão de queijo

Existem algumas teorias a respeito da origem do pão de queijo. A primeira delas afirma que a receita surgiu em Minas Gerais no século XVIII, quando as cozinheiras das fazendas começaram a utilizar farinha de mandioca (polvilho) em suas receitas de pães, ao invés da farinha de trigo, trazida pelos portugueses. Elas acrescentaram os queijos (que sobravam de outros usos) ovos e leite. Assim, por um acaso, o pão de queijo teria surgido.

Outra teoria defende que o pão de queijo surgiu no estado de Minas Gerais durante o regime escravocrata a partir da junção dos ovos e do leite (herança portuguesa) com a mandioca, que, até então, era considerada como o “pão” dos índios brasileiros. Acrescentava-se, ainda, o queijo para dar melhor sabor à massa.

De Minas para o mundo

A partir da década de 1950, com o desenvolvimento da economia e a construção de diversas rodovias que passaram a ligar as regiões brasileiras com maior eficiência, o pão de queijo ganhou as mesas das famílias de norte a sul do país, conquistando apreciadores de todas as classes sociais.

Posteriormente, essa iguaria genuinamente mineira passou a ser exportada, em forma congelada, para diversos lugares do mundo, como América Latina, Estados Unidos, Europa e Japão. Alguns países possuem receitas próprias que se assemelham ao nosso pão de queijo. Colômbia, Paraguai e Argentina, por exemplo, produzem os chamados “pendebono”, com formato achatado, e as “chipas”, em forma de “U”.

Alimento saudável e sem glúten

O pão de queijo é um alimento equilibrado, uma vez que contém água, carboidratos, proteínas, lipídios, sais minerais e vitaminas. Por ser produzido a partir do polvilho (e não do trigo), não há a presença de glúten, de maneira que os celíacos podem apreciar essa especialidade mineira.

Mas atenção: como o ingrediente principal é o queijo, faz-se necessária a utilização de queijos de boa qualidade, preferencialmente brancos, que apresentam menor teor calórico.

Agora que você sabe um pouquinho mais sobre a história desse prato tão tradicional de nossa cozinha, que tal colocar a mão na massa e preparar um pão de queijo prático e bem saboroso? Confira a nossa receita desse mês e bom apetite! Ah, e se quiser conhecer outra receita incrível para fazer um pão “low carb” delicioso, clique aqui.

Ingredientes   

1 kg de polvilho doce ou azedo
4 caixas de creme de leite (200g)
½ kg de queijo canastra
½ kg de queijo mussarela
Sal a gosto

Modo de preparo

Em um recipiente coloque o polvilho e o creme leite, misture bem e depois acrescente o queijo. Sovar até a massa ficar homogênea soltando da vasilha. Enrole a massa no formato de bolinhas, unte a forma e coloque para assar ou congelar.

Postagens Relacionadas

A Fundação São Francisco Xavier estará presente em mais uma edição da tradicional feira de negócios do Vale do Aço, a Expo Usipa, que…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo