Sono durante a gravidez: o excesso é normal?

As transformações que o corpo feminino experimenta durante a gestação podem causar alguns sustos e surpresas, principalmente para as mulheres que passam pela primeira gravidez. Uma das mudanças que mais afetam a rotina de muitas gestantes é o sono excessivo e a sensação de cansaço, principalmente nos primeiros três meses do desenvolvimento do bebê. Mas qual é a razão de tanto sono e cansaço, e o que fazer para que esse quadro não atrapalhe a futura mamãe em suas rotinas profissionais e familiares?

Durante a gestação, principalmente ao longo do primeiro trimestre e no início do segundo, há uma grande produção de progesterona, um hormônio fundamental para uma gravidez saudável e o desenvolvimento do bebê. Durante esse período, os índices de progesterona chegam a aumentar mais de 500%.

Paralelamente, o metabolismo se torna mais lento, aumentando a sonolência. Como se não bastasse, logo nas primeiras semanas, a grávida produz a placenta, que alimentará o feto durante toda a gestação. Esse processo exige muita energia e, mesmo sem perceber, a mulher trabalha internamente de forma intensiva e extenuante. O seu consumo de oxigênio, por exemplo, aumenta consideravelmente (cerca de 20%) e, como o sangue precisa irrigar uma área corporal maior, a pressão arterial tende a cair.

Portanto, a sensação de sono e cansaço é perfeitamente normal e esperada. Para saber mais sobre o desenvolvimento do bebê e as transformações na gestante, clique aqui.

Devido às próprias transformações fisiológicas que o corpo da mulher enfrenta durante a gravidez, é raro que se consiga eliminar totalmente a fadiga e o sono, mas algumas atitudes simples podem amenizar os sintomas e fazer toda a diferença:

  • Descanse! Permita-se estender o período de sono por uma ou duas horas ao dia. O ideal é que você vá mais cedo para a cama ou tire um cochilo durante o dia.
  • Ajuste a sua agenda. Se a sua rotina é por natureza estressante e repleta de compromissos, é hora de repensar seu dia a dia. Se possível, reduza a sua carga horária de trabalho e solicite auxílio de familiares e amigos nas tarefas domésticas.
  • Adote uma dieta balanceada. Prefira refeições ricas em ferro, proteínas e carboidratos, pois trata-se de alimentos com alto teor de energia. Afinal, o cansaço pode aumentar caso você não se alimente apropriadamente. Também é necessário que você se hidrate bastante durante toda a gestação.
  • Pratique exercícios físicos moderadamente. Embora você possa acreditar que não tem disposição para se exercitar, tente caminhar por 30 minutos diariamente. Essa simples prática fará com que você se sinta mais energizada.

 

Quantas horas dormir e quais as melhores posições?

O tempo de sono necessário varia de pessoa para pessoa. O fundamental é que a gestante tenha um sono de qualidade, que proporcione o descanso necessário. Quanto à melhor posição para dormir, é recomendado deitar-se sobre o lado esquerdo do corpo, pois, assim, o fluxo de sangue e de nutrientes que alimenta o seu bebê é estimulado.

O sono e o cansaço são comuns durante a gravidez. Portanto, mantenha os cuidados com a alimentação e as atividades físicas e fique tranquila. Cuide bem de você e de seu bebê, aproveite essa experiência fantástica e durma bem.

Postagens Relacionadas

Prática de fumar causa danos para quem fuma e quem convive com fumantes A OMS considera o tabagismo um fator de risco evitável, uma…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo