Sua coluna está com a curvatura acentuada? Cuidado: a causa pode ser o uso do celular.

 

Em tempos de hiperconectividade, informação em tempo real, comunicação instantânea e diversas redes sociais, as pessoas têm ficado cada vez mais dependentes dos seus smartphones. Apesar dos benefícios trazidos pela tecnologia, alguns efeitos colaterais podem ser observados e sentidos na pele. As dores nas costas e no pescoço, além de uma acentuada modificação da curvatura da coluna, são algumas delas.

De acordo com uma pesquisa conduzida pelo “The Spinal Journal”, conceituado periódico que trata de questões relacionadas à coluna, o uso prolongado e incorreto de aparelhos celulares é a principal causa de problemas de pescoço e costas, principalmente entre pacientes jovens. Os transtornos variam desde leves incômodos até hérnias de disco e desalinhamento.

O movimento de olhar para baixo, típico de quem está utilizando o telefone celular, principalmente enquanto está digitando, tem alterado a curvatura natural do pescoço, originalmente voltada para trás. Essa curvatura tem se pronunciado para frente, de acordo com alguns estudos. Sabe-se que, em uma posição neutra, a cabeça pesa em torno de 11 quilos. Se pronunciarmos o pescoço para frente em um ângulo de 15 graus, esse peso salta para 27 quilos!

A grande preocupação se volta para as crianças, uma vez que a posse de smartphones tem ficado cada vez mais precoce. Para se ter uma ideia, estima-se que uma criança que usa o celular continuamente desde os oito anos de idade, necessitará de intervenção cirúrgica aos 28.

Como evitar as modificações da curvatura da coluna?

A melhor forma de combater esse mal é por meio de mudanças de estilo de vida. Por exemplo, a utilização dos celulares na altura correta do corpo, isto é, no nível dos olhos, em frente ao rosto, pode aliviar significativamente a pressão exercida sobre o pescoço. Ao digitar, recomenda-se o uso das duas mãos, com o auxílio dos polegares, de modo que o alinhamento dos ombros e, consequentemente, da coluna, fique mais simétrico.

O mesmo vale para a utilização de computadores. Contar com algum suporte ou apoio que deixe o monitor na altura da linha dos olhos é essencial para oferecer melhor conforto ao usuário e preservar a sua coluna.

A melhor estratégia, sem dúvida, é tentar diminuir a frequência do uso do celular e adotar atividades físicas que fortaleçam a musculatura das costas, dos braços e dos antebraços.

Postagens Relacionadas

Condição crônica atinge população mais jovem devido a estilo de vida pouco saudável A hipertensão arterial, popularmente conhecida como pressão alta, é uma condição…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo