Tabagismo é responsável por diversas doenças

Tempo de leitura: 4 minutos

Conteúdo atualizado em 26/08/2020.

Você sabia que o tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS)? E que ele é responsável pela grande maioria dos casos de câncer de pulmão? O que talvez não seja do seu conhecimento é que o tabaco também é responsável por inúmeras outras doenças.

Saiba mais sobre o assunto neste conteúdo!

Quais são as principais doenças causadas pelo tabagismo?

O tabaco é uma planta, da qual as folhas são utilizadas no preparo de diferentes produtos que contém a nicotina, a substância responsável pela dependência. Além do cigarro, existem outros produtos derivados do tabaco como charuto, cachimbo, cigarro de palha, cigarrilha, bidi, tabaco para narguilé, rapé, fumo-de-rolo, dentre outros. Todos são capazes de gerar dependência, em variados graus, e são nocivos à saúde.

A seguir, conheça as principais doenças causadas pelo tabagismo.

Alguns tipos de câncer

O câncer tem diferentes causas, e o tabagismo é uma delas. Além do câncer de pulmão e brônquios, o tabagismo aumenta o risco de desenvolvimento os seguintes tipos de câncer: de boca, de faringe, de estômago, de laringe, de pâncreas, de fígado, do colo do útero, de rim e ureter, de bexiga, de cólon e reto e leucemia mielóide aguda.

Doenças relacionadas ao coração

O tabagismo tem impacto sobre a saúde do coração, aumentando o risco do desenvolvimento de doenças cardiovasculares como o infarto, por favorecer a formação de placas de gordura nos vasos sanguíneos, aumentar a pressão arterial, aumentar a frequência cardíaca, produzir inflamação e estreitar veias e artérias. Todas essas alterações prejudicam a circulação e facilitam também a ocorrência de coágulos, trombose e acidente vascular encefálico (AVE).

Doenças relacionados ao sistema digestivo

O tabagismo contribui para muitas doenças comuns do sistema digestivo, como azia, refluxo gastroesofágico, úlceras pépticas e algumas doenças do fígado. O ato de fumar pode causar gengivite e periodontite, resultando em cáries, perda dentária e mau hálito. Além disso, o tabagista apresenta alterações no paladar e olfato, tornando o alimento bem menos atrativo ao consumo, e dessa forma, prejudicando a ingestão e a qualidade da alimentação.

Sexualidade

Outro problema ocasionado pelo consumo do tabaco diz respeito à sexualidade e ao sistema reprodutivo, já que a diminuição do fluxo sanguíneo afeta a capacidade de ereção masculina e prejudica o desempenho sexual, de homens e mulheres. Além disso, mulheres que fumam estão mais propensas a acelerar a menopausa e correm maior risco de infertilidade.

Doenças relacionadas ao Sistema respiratório

O sistema respiratório é o mais afetado com o consumo do tabaco e afeta fumantes e não fumantes, os chamados fumantes passivos.

Ao inalar a fumaça, o corpo recebe substâncias tóxicas que prejudicam as funções dos pulmões. A longo prazo, aumenta-se a possibilidade de desenvolver enfisema pulmonar, bronquite crônica, irritação nasal, infecções respiratórias, entre outras doenças relacionadas à respiração, além do câncer de pulmão.

Grupo de risco COVID-19

Tabagistas parecem ter um maior risco de desenvolver sintomas graves da Covid-19, devido a um possível comprometimento da capacidade pulmonar.

Naturalmente o tabaco já é um motivo de preocupação por causar diferentes tipos de inflamação e prejudicar os mecanismos de defesa do organismo, deixando o indivíduo mais propenso a adquirir infecções por vírus, bactérias e fungos. Somados a estes riscos, o ato de fumar proporciona constante contato dos dedos com os lábios, aumentando a possibilidade de transmissão do vírus para a boca. 

Por isso, conforme abordamos, o melhor é ficar longe do tabaco ou, caso fume, tentar parar.  Os malefícios do tabagismo são muitos, tanto a curto quanto a longo prazo. Além de favorecer o desenvolvimento de muitas doenças, também pode prejudicar seus relacionamentos e até mesmo trazer problemas de saúde para as pessoas que você gosta. Quer saber mais? Continue no blog e confira os benefícios de parar de fumar.

Referências:

INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER (INCA). Tabagismo. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tabagismo. Acesso em: 14 ago. 2020. 

FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE GASTROENTEROLOGIA. Federação Brasileira de Gastroenterologia alerta sobre malefícios do tabaco para a saúde digestiva. Disponível em: http://fbg.org.br/Publicacoes/noticia/detalhe/1272. Acesso em: 18 ago. 2020.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER (INCA).  Tabaco e doenças cardiovasculares. Disponível em: https://www.inca.gov.br/campanhas/dia-mundial-sem-tabaco/2018/tabaco-e-doencas-cardiovasculares. Acesso em: 18 ago. 2020.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA (SBPT). Tabagismo. Disponível em: https://sbpt.org.br/portal/publico-geral/doencas/tabagismo/. Acesso em: 14 ago. 2020.

SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Tabagismo. Disponível em: https://www.saude.mg.gov.br/tabagismo. Acesso em: 14 ago. 2020. 

SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA. Tabagismo. Disponível em: http://www.saude.ba.gov.br/atencao-a-saude/comofuncionaosus/doencas-cronicas/tabagismo/. Acesso em: 14 ago. 2020. 

Postagens Relacionadas

Médico do Hospital Márcio Cunha alerta sobre a privação do sono que pode levar a distúrbios como depressão, insônia e apneia. O sono adequado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo