Você conhece o calendário básico de vacinação infantil?

Tempo de leitura: 4 minutos

Conteúdo atualizado em 07/12/2020

Acompanhar o calendário de vacinação infantil é fundamental para a saúde das crianças,. é um cuidado que garante proteção e um desenvolvimento saudável. Algumas doenças, como a poliomielite, foram erradicadas no Brasil devido às campanhas massivas de conscientização sobre a importância da vacina. 

Ao receber a imunização, o organismo vai detectar a presença inativada ou enfraquecida do agente, promovendo a produção de anticorpos — que vão combater os vírus e outros microrganismos agressores.

Confira mais informações sobre o calendário básico de vacinação infantil!

Por que é preciso acompanhar o calendário de vacinação infantil periodicamente?

O Calendário Nacional de Vacinação tem mudanças periódicas em função de diferentes contextos, associadas à situação epidemiológica, e de acordo com a necessidade de incorporação de novas vacinas. 

O sarampo, por exemplo, está se manifestando com mais frequência no Brasil — e a vacinação é um fator muito importante para a prevenção e o controle do avanço da doença.

O Calendário Nacional de Imunização do Ministério da Saúde indica quais as vacinas básicas recomendadas para qualquer criança. E existem também algumas vacinas disponibilizadas pela rede privada. Fique atento e não perca as datas!

Qual a importância da vacinação para as crianças?

Grande parte das vacinas que tomamos ao longo da vida é na infância, principalmente porque é o período em que está ocorrendo o desenvolvimento do sistema imunológico. E em cada fase da vida, a vacinação cumprirá um importante papel para a saúde d.

Logo no período de gestação, as mamães precisam passar por algumas imunizações. Essas vacinas e aquelas tomadas nos primeiros meses de vida são fundamentais para as crianças, uma vez que o sistema imunológico nesse período ainda é bastante frágil, deixando-as mais suscetíveis a doenças.

Existem algumas vacinas que, para cumprir o efeito esperado, necessitam de reforços ao longo dos primeiros anos das crianças. Além disso, é um período no qual elas permanecem em locais de grandes aglomerações (escolas e locais de lazer infantil por exemplo), o que facilitaria a transmissão de algumas doenças.

Não deixe de vacinar!

Além de deixar as crianças expostas a diferentes tipos de doenças, a falta de vacinação pode promover o aumento nos números de casos de doenças infecciosas, ou até mesmo o reaparecimento de doenças consideradas erradicadas.

Além disso, não receber as vacinas recomendadas no calendário pode impactar na expectativa de vida, bem como aumentar a mortalidade, inclusive a infantil.

Como podemos perceber, acompanhar o calendário de vacinação infantil é muito importante para a saúde do seu filho, além de ser essencial para viver em comunidade. Afinal, evita contaminação de doenças infecciosas, especialmente em ambientes escolares onde a concentração de pessoas é alta. 

Em caso de dúvida, procure orientação junto aos profissionais de saúde ou com o pediatra do seu filho, e fique atento ao calendário de vacinação!

Quer saber um pouco mais sobre a vacinação até 1 ano de idade? Continue no blog e confira nosso conteúdo!

Referências:

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Calendário Nacional De Vacinação/2020/PNI/MS Disponível em: https://www.saude.go.gov.br/files/imunizacao/calendario/Calendario.Nacional.Vacinacao.2020.atualizado.pdf. Acesso em: 12 nov. 2020.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Calendário de Vacinação. Disponível em: https://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/index.html. Acesso em: 12 nov. 2020.

SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ. Calendário de vacinação. Disponível em: https://www.saude.ce.gov.br/ultimas-noticias/fique-por-dentro/calendario-de-vacinacao/. Acesso em: 12 nov. 2020.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE IMUNIZAÇÕES (SBIm). Calendário de Vacinação SBIm Criança. Disponível em: https://sbim.org.br/images/calendarios/calend-sbim-crianca.pdf. Acesso em: 12 nov. 2020.

Postagens Relacionadas

Médico do Hospital Márcio Cunha alerta sobre a privação do sono que pode levar a distúrbios como depressão, insônia e apneia. O sono adequado…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo