Você sabe o que é Transtorno Bipolar?

O transtorno bipolar é uma doença psiquiátrica caracterizada por alterações de humor que vão da euforia à depressão em um período relativamente curto de tempo. 

Embora seja uma doença ainda desconhecida ou negligenciada por uma boa parcela da população, inclusive médicos, o transtorno bipolar merece atenção e tratamento especiais a fim de que o indivíduo portador da doença tenha uma vida normal, sem qualquer tipo de dificuldade.

Durante o período de euforia, o indivíduo realiza ações que não condizem com sua realidade. De forma geral, denomina-se euforia como um estado de espírito ligado intimamente a um grande evento, como uma viagem muito esperada, aniversários, competições e diversas outras situações. No entanto, no caso da euforia advinda do transtorno bipolar – que também pode ser chamada de hiperexcitabilidade –, não há uma causa. Ela simplesmente aparece, assim como a depressão – que é o seu extremo oposto.

Este quadro de surgimento abrupto e injustificável de sentimentos é o que caracteriza o transtorno bipolar, que pode acontecer em ciclos consecutivos ou ser intercalado com momentos “normais”. Um adulto pode ter até quatro ciclos por ano, em casos mais graves da doença. Já uma criança pode ser acometida por um número muito maior que este, tendo como agravante o fato de ser erroneamente considerada hiperativa ou possuir distúrbios de atenção (TDAH).

Existem atualmente várias formas de tratamento da doença. O uso de antidepressivos, anticonvulsivantes, estabilizadores de humor e outros medicamentos que têm como objetivo inibir as alterações de humor é comum na maioria dos casos. Há ainda a opção de tratamento com lítio, que embora seja a maneira menos agressiva de tratar a doença, ainda não é comum no Brasil e em boa parte do mundo.

Além do tratamento medicamentoso, é necessário que o portador do transtorno bipolar tenha acompanhamento psicológico e psiquiátrico. O apoio da família é fundamental para a prevenção das crises e o sucesso do tratamento.

Caso perceba alterações bruscas de humor sem um motivo aparente em um amigo ou membro de sua família, procure ajuda profissional. Quanto mais cedo a doença for detectada e tratada, maiores são as chances de uma vida normal.

Postagens Relacionadas

Prática de fumar causa danos para quem fuma e quem convive com fumantes A OMS considera o tabagismo um fator de risco evitável, uma…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo