Como prevenir a diabetes e quais os cuidados para quem convive com a doença

Número de diagnósticos de diabetes triplicou na América em 30 anos, reforçando a importância do combate aos fatores de risco para a doença

 

A diabetes é uma é uma síndrome metabólica de origem múltipla que afeta milhões de pessoas em todo o mundo e pode surgir ainda na infância ou na fase adulta, podendo acometer o paciente pelo resto de sua vida. O cuidado com a doença é fundamental, uma vez que pessoas diabéticas precisam de acompanhamento médico regular, além de seguir tratamentos especiais de forma contínua.

Segundo novo relatório da Organização Panamericana da Saúde (Opas), o número de pessoas com diabetes triplicou na América nos últimos 30 anos. Atualmente, há cerca de 62 milhões de diabéticos nas Américas. No entanto, a estimativa é que o número seja ainda maior, pois mais de 40% dos diabéticos desconhecem o próprio diagnóstico.

A publicação revela que o salto de casos está ligado ao aumento dos hábitos nocivos e fatores de risco, como sedentarismo, má alimentação e altas taxas de obesidade. Atualmente, a Opas aponta que cerca de dois terços da população adulta nas Américas é obesa ou está com sobrepeso. Somada a isso, aproximadamente 40% não praticam atividade física regular, enquanto 30% dos jovens estão acima do peso.

O cenário aponta para a necessidade da conscientização geral sobre os hábitos de prevenção contra a diabetes, que pode se manifestar em diferentes tipos, sendo os tipos 1 e 2 os mais comuns.

Crédito iStock-Getty Images

O que é a diabetes

A diabetes tipo 1 é uma doença autoimune, na qual o organismo ataca, de forma errada, as células do pâncreas que produzem insulina, destruindo-as. Assim, a falta de produção de insulina faz com que haja um acúmulo de glicose no sangue, o que pode trazer malefícios para vários órgãos.

A diabetes tipo 2 é o tipo mais comum de diabetes, sendo causado por fatores genéticos juntamente com maus hábitos de vida, como consumo exagerado de açúcar, gordura, sedentarismo, sobrepeso ou obesidade, que provocam defeitos na produção e na ação da insulina no corpo.

 

Em casos graves e com falta de tratamento, pode causar os seguintes sintomas:

  • Sensação constante de sede;
  • Fome exagerada;
  • Vontade de urinar frequente;
  • Perda de peso sem causa aparente;
  • Dificuldade de cicatrização de feridas;
  • Visão turva.

Tratamento e prevenção

Apesar dos graves riscos e sintomas variados, também há diversas opções para o tratamento de diabetes. Vale ressaltar que as técnicas e recursos para tratar a doença vêm evoluindo cada vez mais ao longo dos anos, em prol da qualidade de vida e do bem-estar dos pacientes.

O tratamento da diabetes depende do tipo associado. Nos casos do tipo 1 é utilizada a aplicação de insulina, várias vezes por dia. Já no tipo 2, o mais é indicado a medicação oral, sendo poucos os casos onde é necessário a aplicação de insula injetável.

Em ambos os casos, o tratamento exige acompanhamento médico constante, com medições regulares da glicemia e da pressão arterial.  Vale destacar que há equipamentos e recursos cada vez mais modernos e avançados, substituindo a picada pelo uso de sensores para a aferição glicêmica, por exemplo.

A principal forma de combater a diabetes é pela prevenção, que deve ser feita com a adesão a um estilo de vida saudável. Conheça os principais cuidados:

  • Manter uma alimentação balanceada, rica em frutas e vegetais;
  • Praticar exercícios físicos regulares;
  • Evitar o consumo de álcool e fumo, assim como o abuso de alimentos com alto teor de açúcares e conservantes.

Vale ressaltar que esses cuidados são importantes mesmo nos casos de diabetes de ordem genética, que também podem se desenvolver em função dos maus hábitos e fatores de risco.

A diabetes é a sexta causa de morte nas Américas, é a principal causa de cegueira em pessoas de 40 a 74 anos, de amputações de membros inferiores e de doenças renais crônicas. Além disso, triplica o risco de morte por doença cardiovascular, doença renal ou câncer. Por isso, é fundamental reforçar a conscientização e os hábitos de prevenção contra a doença.

Agora que você sabe mais sobre a diabetes, confira também o nosso post com dicas de cuidados para a saúde vascular. Conheça também os nossos planos médicos para ficar em dia com a sua saúde!

Postagens Relacionadas

O dia 21 de junho marca o início do inverno, no Brasil, e é também quando se celebra o Dia Nacional de Controle da…
Condição crônica atinge população mais jovem devido a estilo de vida pouco saudável A hipertensão arterial, popularmente conhecida como pressão alta, é uma condição…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo