Hipertensão arterial: O que é e como se prevenir

Conteúdo atualizado em: 02/05/2022

Tempo de leitura: 3 minutos.

A hipertensão arterial é um mal silencioso muito comum em nosso meio, é fator de risco importante para desenvolvimento de doenças cardiovasculares, que se não tratada pode ser letal. Por isso, anualmente, no dia 26 de abril é realizada a campanha do Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. 

Na maioria das vezes, os sintomas só aparecem no estágio avançado, quando algum órgão-alvo como coração, cérebro, os rins, olhos já foram comprometidos de forma irreversível, e ocasionando AVC (derrame), insuficiência cardíaca, infarto agudo do miocárdio, acometimento dos rins e retinopatia (que pode levar à cegueira).

É preciso, portanto, conscientizar a população sobre os riscos de ter a pressão descontrolada. A mudança de hábitos de vida e uso de medicação corretamente, fazem parte do tratamento, evitando complicações graves. Neste post você vai entender melhor o que é a hipertensão arterial, quais são os sintomas, principais características e sinais de alerta. Continue lendo para conhecer as causas e quais são as formas de tratamento!

O que é hipertensão arterial?

Hipertensão arterial sistêmica é o nome técnico da doença conhecida como “pressão alta”. A pressão alta é um desequilíbrio no sistema circulatório que consiste no aumento da pressão do sangue sobre as paredes das artérias.

Ela pode ser causada por diversos fatores de aspecto ambiental e comportamental, como alcoolismo, tabagismo, sobrepeso, obesidade, consumo exagerado de sal, estresse, nível elevado de colesterol, sedentarismo, bem como herança genética.

Por mais que os homens acima dos 55 anos e as mulheres acima dos 65 anos estejam mais suscetíveis a desenvolver a hipertensão, a doença pode acometer qualquer pessoa que apresente alguma predisposição devido aos aspectos citados no tópico anterior.  

Quais são os sintomas dessa doença?

A hipertensão é uma doença, na maioria das vezes, silenciosa que será percebida muitas vezes num momento de agravamento ou de um mal estar.

É importante ficar atento e procurar um especialista em caso de recorrência: 

  • tontura
  • fraqueza
  • dores no peito
  • dor de cabeça
  • falta de ar
  • visão turva (alteração na visão)
  • sangramento nasal
  • zumbido no ouvido

Quais são os sinais de alerta que sugerem a hipertensão?

Além dos sintomas mais característicos, alguns sinais podem ajudar a detectar que algo não vai bem com o organismo. Quando mais acentuada a pressão alta, pode provocar vômito, dormências, desmaios, perda de consciência, perda dos movimentos, azia forte e agitação.

Como prevenir e tratar a hipertensão arterial?

A prevenção e o controle são a melhor maneira de combater a hipertensão arterial, já que estamos falando de uma doença crônica sem cura. Quanto mais cedo ocorrer o diagnóstico, mais fácil será definir e iniciar o tratamento adequado. 

Quando não tratada corretamente, os riscos já citados acima, de infarto, derrame cerebral, AVC (acidente vascular cerebral), insuficiência cardíaca, insuficiência renal, arritmia cardíaca, aumentam de forma bastante expressiva. 

Caso você apresente algum desses sinais, procure imediatamente um serviço médico de urgência. Comente com seus familiares a respeito e não tome medicamento em casa (sal de frutas, analgésicos etc.) sem orientação médica. Esses medicamentos podem mascarar os sinais e sintomas de uma crise hipertensiva. 

Nunca interrompa o uso dos medicamentos sem o conhecimento do seu médico, mesmo que a sua pressão esteja controlada. Os medicamentos atuam durante um período determinado de tempo. Quando a pessoa deixa de tomar ou não segue à risca as recomendações médicas a pressão pode aumentar e desencadear um quadro muito mais grave.

Além do acompanhamento médico, a mudança de hábitos de vida e de comportamento pode também ajudar no processo de controle da doença. Se você é fumante, faz uso elevado de álcool ou está acima do peso ao se descobrir hipertenso será momento de rever conceitos e se esforçar para eliminar as possíveis causas.

Com a prática regular de atividades físicas, uma alimentação mais saudável e livre de gorduras, talvez seja possível não fazer uso contínuo de medicamentos. As consequências da hipertensão arterial para coração, cérebro e rins são drásticas, comprometendo os órgãos e provocando danos que são irreversíveis. Para evitar o acometimento, vale contar com o acompanhamento de atenção primária oferecido pela Usifamília.

Com a regularidade das consultas, o acompanhamento multidisciplinar, em pouco tempo você mesmo terá mais propriedade para entender os motivos de estar com a pressão alterada e, junto com a medicação, readequar seus estilo de vida, cessando hábitos ruins, para ter uma vida mais saudável.

Se você gostou do post e deseja acompanhar mais informações e dicas de saúde, que tal seguir a FSFX no Instagram e aproveitar a visita para conhecer o Usifamília

Referências 

GOVERNO DO BRASIL. Saiba como descobrir e prevenir a hipertensão arterial. 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/pt-br/noticias/saude-e-vigilancia-sanitaria/2021/05/saiba-como-descobrir-e-prevenir-a-hipertensao-arterial> Acesso em: 26 de Abr. 2022. 

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. 2021. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/26-4-dia-nacional-de-prevencao-e-combate-a-hipertensao-arterial-5/> Acesso em: 26 de Abr. 2022. 

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Hipertensão arterial. 2021. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/hipertensao-18/> Acesso em: 26 de Abr. 2022. 

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO. 5 dicas para a prevenção e combate à hipertensão arterial. 2021. Disponível em: <https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/noticias/?p=311440> Acesso em: 26 de Abr. 2022. 

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ARRITMIAS CARDÍACAS. 26 de abril: Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. 2019. Disponível em: <https://sobrac.org/home/dia-nacional-de-prevencao-e-combate-a-hipertensao-arterial/> Acesso em: 26 de Abr. 2022. 

SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA. Hipertensão arterial. 2021. Disponível em: <https://www.sbn.org.br/orientacoes-e-tratamentos/doencas-comuns/hipertensao-arterial/> Acesso em: 26 de Abr. 2022. 

VIRGÍNIA, M. C.; BATISTA, L. S.; LUIZA, A.L.S; CÉSAR, P. B.V.G; A influência da hipertensão arterial na qualidade de vida. 2013. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/abc/a/nDbtL3y4fFjbRLv3TT8Nxvj/?lang=pt> Acesso em: 26 de Abr. 2022. 

Postagens Relacionadas

A Fundação São Francisco Xavier estará presente em mais uma edição da tradicional feira de negócios do Vale do Aço, a Expo Usipa, que…
Rolar para cima
Pular para o conteúdo